Tiro Olímpico

O Tiro Olímpico é Aqui!

Por Luciano Leon

A tradição do Tiro Esportivo Gaúcho é de longa data, onde os encontros e competições ocorrem em grande quantidade. Esta tradição vem plantando sementes que estamos colhendo, cada vez mais, frutos promissores. O plantio é complicado e a colheita é demorada, porém, nesta terra onde tudo que se planta, cresce,  Alexandre e  Geraldo demonstram e firmam a tradição. Alexandre Nogueira Pedreira, que adotou Passo Fundo como sua segunda cidade, está desenvolvendo um trabalho super interessante na base do tiro esportivo. O projeto chamado “Passo Fundo Rumo ao Rio 2016” tem como objetivo, sem custo algum, captar, selecionar, treinar e desenvolver novos talentos no tiro esportivo, principalmente com a pistola de ar. Pois é exatamente a pistola de ar, a modalidade olímpica e a que não possui restrições sofridas pelas armas de fogo. No colégio Tiradentes de Passo Fundo,  Alexandre encontrou as condições propícias para o desenvolvimento do projeto. Como os alunos são ultra-disciplinados, filhos de militares e que tem como finalidade seguir a carreira militar, possuem ótimas qualificações para iniciar no projeto que já está no seu terceiro ano.

“Existe a possibilidade real e concreta de dentro deste projeto saírem futuros atletas olímpicos. É claro que isso não depende apenas do projeto, mas principalmente da vontade do aluno e do apoio incondicional da família”, afirma Alexandre.

São 16 alunos entre meninos e meninas, do ensino médio, entre 15 e 17 anos, jovens com a melhor idade para iniciar no tiro esportivo. Também, todo o ano ocorre um novo processo seletivo, já que os alunos que se formam no colégio deixam lugar aos que estão entrando.

“Querendo continuar a praticar o esporte, terá que adquirir uma Pistola de Ar, modelo olímpico, e começar a freqüentar o Clube de Tiro e Caça de Passo – CTCPF, passando da condição de aluno para a condição de atleta do tiro esportivo”.

Alexandre ainda completa… “A nossa esperança é grande, pois estamos semeando em terreno muito fértil. Sendo assim, estamos diante de uma possibilidade real e concreta de uma colheita farta.”

A Realidade Para-olímpica

O Gaúcho Geraldo Von Rosenthal é o exemplo de que o que se planta, aqui se colhe! Iniciou no Tiro Para-olimpíco em 2007 e de lá pra cá, não parou mais! Não parou mais de treinar, de se dedicar e de colecionar títulos e medalhas. Bancando todos os custos de treinamento, viagens e competição, Geraldo não desanima, esbanjando alegria e orgulho pelas conquistas.

 “A maior conquista sem dúvida foi o ouro individual na Tailândia, em agosto. Foi a primeira medalha individual de um brasileiro em um campeonato mundial.”

Na Tailândia, seu último e maior desafio, até hoje, Geraldo competiu com 68 atletas de 24 países. Nesta competição, Geraldo também trouxe mais duas medalhas por equipe, na pistola de 25 metros (a que ele ganhou o ouro individual) e na pistola 50 metros. Os resultados impressionam e só tendem a melhorar. Estamos já com uma grande possibilidade de Ouro Olímpico no Brasil em 2016.

Resultados do ano de 2013:

Medalha de Ouro Individual (Pistola Sport) na Copa do Mundo em Bangkok/Tailândia. ( primeira medalha de ouro individual do Tiro Brasileiro  em uma etapa de campeonato mundial ).

Medalha de Bronze por equipe (Pistola Sport 25m) na Copa do Mundo em Bangkok 14/08/2013.

Medalha de Bronze por equipe (Pistola Sport 50m) na Copa do Mundo Em Bangkok 17/08/2013.

Medalha de Ouro (Pistola Sport) no Aberto pan-americano do Rio de Janeiro. 03/10/2013

Medalha de Prata (Pistola de Ar) no Aberto pan-americano  do Rio de Janeiro. 04/10;2013

Medalha de Bronze (Pistola Livre 50M) no Aberto pan-americano do Rio de Janeiro.05/10/2013

Medalha de Bronze por equipe (Pistola de Ar) em Mandeville/Inglaterra em  01/07/2013.

Primeiro lugar no fechamento do  ranking nacional oficial do CPB  no ano de 2013  nas 3  categorias de  Pistola:     Sport a 25 metros , Pistola de Ar  a 10 metros e e Pistola livre 50 a metros na Copa de Tiro Esportivo.

Ouro nas pistolas de 25 e 50 metros e prata na pistola de ar 10 metros no ranking Brasileiro da CBTE,  ” Confederacão Brasileira de tiro esportivo”.

Campeão do ranking Gaúcho na pistola de ar 10 metros ” nesta modalidade competindo contra não deficientes” campeão geral do estado em 2013, modalidade que também ganhou em 2012.

Recorde das Américas na pistola sport  ( 557 pontos Bangkok Tailandia  14/08/2013.)

Recorde das Américas e Brasileiro na pistola livre com 516 pontos Bangkok Tailândia  17/08/2013

Recorde brasileiro na Pistola de Ar com 566 pontos – Curitiba 06 de abril de 2013 – 1° Copa Brasil de Tiro Esportivo .

Ranking Mundial:

4° no ranking mundial na pistola sport.

16° no ranking mundial na pistola livre.

24 º lugar no ranking mundial na pistola de ar 10 metros

 

Fotos: Luciano Leon //