23 de maio de 2015

Documentário “Surfar é Coisa de Rico” estreia no San Diego Surf Film Festival

imagem_release_425024

Foto: Divulgação //

Longa sobre Rico de Souza, um dos pioneiros do surf brasileiro, estreia no festival californiano que apresenta os melhores filmes independentes de surf de todo o mundo.

O Brasil vem conquistando o mundo do surf, revelando novos talentos para o Circuito Mundial e ampliando o Brazilian Storm – apelido dado a essa nova geração de surfistas brasileiros. Mas não é de hoje que o país desponta no esporte que já virou paixão entre todos. Um dos pioneiros do surf no Brasil, Rico de Souza, reconta a história da modalidade no documentário “Surfar é Coisa de Rico”, que estreia no San Diego Surf Film Festival, na Califórnia.

Com direção de Guga Sander e produção da Sentimental Filme, o longa retrata a trajetória do surfista Rico, que para viver do próprio sonho dedicou-se a criar no País o mercado no qual queria trabalhar. Criador da primeira escolinha de surf e do primeiro boletim de ondas do Brasil, Rico foi tricampeão de surf na década de 70, tricampeão de longboard na década de 80 e por duas vezes vice-campeão mundial de long. Seu nome já figurou também no Guinnes Book, por reunir o maior número de surfistas em uma mesma onda e por surfar com a maior prancha já fabricada. Assita ao trailer:

Com filmagens no Havaí, Maldivas, Rio de Janeiro e Santos, o documentário reconta a história do esporte e reúne depoimentos de grandes nomes do surf nacional e internacional, entre eles Fred Hemmings, campeão mundial em 1968 que por 10 anos foi Senador do Havaí, Clyde Aikau, irmão do herói havaiano Eddie Aikau, Randy Rarick, diretor da Tríplice Coroa Havaiana, que há décadas está envolvido com campeonatos de surf no arquipélago, Fast Eddie, líder dos “Black Trunks” havaianos e os brasileiros Otávio Pacheco e Ricardo Bocão. Estrelas do mundo pop, como Evandro Mesquita e Kadu Moliterno, também fazem parte do documentário. Veja mais informações aqui: https://www.facebook.com/pages/Surfar-%C3%A9-coisa-de-Rico/281518881946817?fref=ts

O festival, que está acontecendo desde a última quarta-feira e vai até hoje, conta com painel, oficinas, galeria de arte sobre surf, música ao vivo, além da apresentação de mais de 20 filmes internacionais que serão exibidos no Sherwood Auditório no Museu de Arte Contemporânea de San Diego, na praia de La Jolla. Para mais informações acesse o site: http://www.sandiegosurffilmfestival.com/