7 de abril de 2017

Opinião apresenta Karol Conka

Karol_2

Foto: Vivi Bacco //

Karol Conka, uma das grandes artistas do pop nacional, irá voltar ao Opinião, depois do grande show realizado por aqui, no ano passado.

Adotando uma sonoridade moderna com letras afiadas sobre empoderamento feminino, crítica social e baladas, a mamacita do hip hip brasileiro vai subir no nosso palco, no dia 20 de abril, para apresentar ao vivo os melhores momentos de “Batuk Freak”, o seu bombado trabalho de estreia, e as suas canções mais recentes, que aos poucos foram lançadas pela Internet e que ainda quebram tudo nas pistas de dança mundo afora, como são os casos dos hits “Tombei” e “É o Poder” e das novíssimas “Maracutaia” e “Farofei”, que farão parte do próximo disco da cantora, chamado “Ambulante” e com previsão de chegar às lojas e aos serviços de streaming ainda em 2017.

Com uma carreira sólida no exterior, diversas excursões pela Europa e participações nos festivais mais expressivos do Brasil, como o Tomorrowland e o Lollapalooza, Karol mostrará por que tem conquistado cada vez mais o seu espaço na música brasileira, seja por causa do seu som inovador, do seu carisma ou das suas letras sinceras. A abertura da noite ficará por conta do rapper carioca Luccas Carlos, que lançará em breve o seu primeiro EP solo.

KAROL CONKA

Karol Conka nasceu em 1986, em Curitiba, e desde criança queria ser artista. Aos 16 anos de idade, já adorava música e se identificava com o rap, tanto pela linguagem, quanto pela liberdade de expressão. Em 2002, integrou o grupo curitibano Agamenom. Depois, passou vários anos “estudando” a sua carreira e, em 2010, Karol colocou algumas músicas na Internet. Elas fizeram tanto sucesso que a cantora logo foi chamada para participar do programa Na Brasa, da MTV. Em seguida, produziu o clipe de “Boa Noite” e se apresentou ao vivo no VMB 2011.

Daí em diante ela fez vários shows pelo país e gravou o seu primeiro álbum, “Batuk Freak”, lançado em 2013. Apresentada como uma grande promessa do hip hop nacional, foi nesse ano que a sua música atingiu o grande público. Em 2013, a rapper faturou o Prêmio Multishow, na categoria Artista Revelação, e – pouco tempo depois – o prestigiado grupo português Buraka Som Sistema convidou Karol para emprestar as suas rimas à faixa “Bota”, que embalou uma campanha da Adidas e a Copa do Mundo FIFA 2014. A canção “Boa Noite” também foi escolhida para fazer parte da trilha sonora do game FIFA 14.

Disponibilizado para download em abril em 2013, “Batuk Freak” se espalhou rapidamente pelas redes sociais, alcançando 22 mil downloads apenas na primeira semana. O número só aumentou – amparado por outros links, sites e posts. Já em 2014, a cantora deu seus primeiros passos fora do Brasil. Além de ser a convidada para um show em Tóquio, ela fez a sua primeira turnê pela Europa, sendo também a primeira artista a cantar em português na tradicional rádio britânica BBC 1. Na mesma época, a prestigiada revista Rolling Stone, em sua edição norte-americana, indicou Karol como uma das artistas que o mundo precisava ouvir.

Em agosto desse mesmo ano, Karol passa a ser representada pelo selo Buuum, da Skol Music e sob o comando do produtor Zegon. Depois de uma pausa para descanso, Karol embarcou novamente rumo à Europa, não só para apresentações, mas também para gravar a música “Tombei”, em parceria com o Tropkillaz. Lançado em um show ao vivo pela Internet, em dezembro de 2014, o single figurou na programação das principais rádios do país e foi indicado pela edição brasileira da revista Rolling Stone como uma das 15 melhores canções do ano.

Já 2015 foi um ano de estrada. Em janeiro, Karol fez uma turnê pela Austrália. De volta ao Brasil, a rapper continuou ecoando a sua voz em shows e festivais, de norte a sul do país, como Tomorrowland Brasil, Bananada Festival e Festival do Cerrado, entre outros. No final de novembro, a artista seguiu para mais um giro de apresentações na Europa, passando pelo Vodafone Mexe Fest, em Lisboa, e mais uma vez pelo Reino Unido.

No início de dezembro, Karol presenteou seu público com um novo single: “É o Poder”, também produzido em parceria com o Tropkillaz e que acabou se tornando um dos 50 virais do ano na maior rede de streaming do mundo, o Spotify. Em 2016, a agenda de Karol Conka foi corrida. Ela fez mais uma porção de shows no Brasil e no exterior, se apresentou no festival Lollapalooza Brasil, na abertura dos Jogos Olímpicos e ainda promoveu o single “Maracutaia”, que teve o seu clipe gravado com a participação do casal de atores Lázaro Ramos e Taís Araújo. No início de 2017, ela lançou o quarto single do seu novo álbum, que deverá ser lançado em breve. A música “Farofei” foi igualmente produzida pelo Tropkillaz e teve o seu clipe gravado no Japão.