14 de maio de 2017

Opinião apresenta Oriente

ORIENTE-2

Foto: Marcos Hermes //

O Oriente, um dos grupos mais conceituados da nova geração do rap nacional, irá se apresentar mais uma vez no Opinião, no dia 25 de maio.

A banda, formada em quase dez anos atrás no Rio de Janeiro, vai estar aqui para apresentar, em primeiríssima mão, o repertório do seu segundo trabalho de estúdio, chamado “Yin Yang” e com previsão de chegar às lojas e aos serviços de streaming no segundo semestre de 2017.

Conhecido no Brasil inteiro pela originalidade das letras e pela musicalidade dos seus integrantes, o Oriente levará para o nosso palco algumas novidades, como os três singles de “Yin Yang” lançados até o momento, que se transformaram imediatamente em verdadeiros hits na Internet: “Vagabundo é Foda” (https://youtu.be/-F4zB0eJg2A), cujo videoclipe já chegou à marca de sete milhões de visualizações no Youtube, “Terra” (https://youtu.be/wPEEGxrPzJc) e “Por Amor” (https://youtu.be/TjF2yJo-uQc). Além dessas composições inéditas, entre outras mais, o quarteto carioca Nissin Instantâneo, Chino, Geninho Beatbox e Bruno Silva também trarão, para alegria dos fãs gaúchos, sucessos do tamanho de “Vagabundo e a Dama” (https://youtu.be/JLtBi–FJL8), “Linda, Louca e Mimada” (https://youtu.be/7OTSQ7plENk) e “Máximo Respeito”, que juntas contabilizam mais de 130 milhões de execuções na web e que todo mundo já aprendeu a cantar.

ORIENTE

O grupo Oriente foi formado em 2009 no Rio de Janeiro, a partir da união de Nissin Instantâneo, Chino, Bruno Silva e Geninho Beatbox. O EP virtual “Prefácio”, lançado em 2010, conquistou o respeito do público hip hop e deu certa notoriedade ao grupo no cenário underground, pela originalidade das letras e pela musicalidade dos seus integrantes. O registro serviu como uma prévia para “Desorientado”, o primeiro álbum da banda, que chegou aos ouvidos dos fãs em agosto de 2011.

O Oriente não precisou de muito tempo para chegar às ruas de todo o país e ser seguido por uma legião de admiradores. O grupo é mais uma aposta de Niterói, berço de Gustavo Black Alien, Speed Freaks, Marechal, De Leve, dentre outros grandes nomes do rap nacional. Com todo esse background ao seu favor, o Oriente já se apresentou ao lado de Racionais MC’s, Flora Matos, BNegão, Emicida, Móveis Coloniais de Acaju, Cone Crew Diretoria, Nayah, Gutierrez, entre muitos outros artistas de renome.

Além do seu trabalho de relevância com composições próprias, o Oriente traz também a característica fundamental do freestyle, sendo o principal representante desse gênero do rap no cenário carioca. Nissin Instantâneo foi campeão de diversas batalhas de improviso no cenário nacional. Geninho Beatbox, por outro lado, se destacou tanto pelo seu talento, quanto pela sua idade, pois iniciou na música com apenas quinze anos e é considerado hoje um prodígio. Já Chino é um dos letristas mais surpreendentes da nova escola do hip hop brasileiro.

Outra informação importante sobre a banda é o seu envolvimento com as suas produções. Em 2014, o Oriente deu vida ao “Oriente Acústico”, projeto ousado e inovador para o rap nacional, totalmente desplugado. E depois de se apresentar durante o Campeonato Mundial de Slackline, em Munique, o grupo viu a música “Máximo Respeito” ser adicionada à trilha sonora do vídeo oficial do evento. O segundo disco do Oriente, chamado “Yin Yang”, deverá sair no segundo semestre de 2017.