Luxo latino-americano em Miami Beach

Foto: Divulgação //

Miami é uma cidade que tem experimentado o poder transformador das artes. Foi com essa convicção em mente que Alan Faena e Len Blavatnik criaram o Faena Hotel Miami Beach.

“Quando vi um local em que o mar e o canal eram separados por poucos quarteirões de distância pensei na hora que esse era o centro de Miami Beach e era onde nós precisávamos estar”, conta Alan. O hotel foi inaugurado em dezembro de 2015 e impressiona pela riqueza de detalhes cinematográficos que não só reforçam a chancela de hotel de luxo, mas também dão continuidade a narrativa latino-americana que faz parte do DNA do empreendimento.

Para isso, Faena se juntou a grandes profissionais da área de design e arquitetura – considerados verdadeiros artistas – e que nunca haviam feito um projeto de hotel. “Pessoas como Baz Luhrmann e Catherine Martin costumam trabalhar com cinema e como cada filme tem uma proposta, são pessoas que não seguem fórmulas, não se repetem o tempo todo, e era isso que queríamos”, comenta Alan que faz questão de reforçar que “criatividade e inovação são o coração e a alma do hotel”.

Com 169 quartos ($745 a noite) a inauguração do Faena Miami marca também uma grande mudança no cenário hoteleiro, já que é a primeira vez que uma marca de luxo migra da América do Sul para a América do Norte. E as referências latino americanas não param por aí. A ideia de trazer o sul para o norte se estende também ao restaurante conduzido pelo famoso chef argentino Francis Mallmann que mantém a tradição da cozinha ao ar livre em que as mais deliciosas carnes são preparadas em chama aberta.

“Só pensamos em trabalhar com o melhor. Se você oferece o melhor ambiente, com uma arquitetura incrível, o melhor serviço em um lugar que está cercado por influências culturais bacanas, as pessoas vão vir”, finaliza Alan que seguiu essa mesma linha de raciocínio para o Faena Buenos Aires, primeiro hotel do grupo que revolucionou o turismo na região de Porto Madero desde sua inauguração em 2005.