9 de dezembro de 2015

Meliá Hotels abre no Rio de Janeiro

melia

Imagem: Divulgação //

Icônico Hotel Nacional reabrirá as portas completamente renovado e luxuoso sob a marca Gran Meliá; inauguração será antes das Olimpíadas de 2016.

A rede Meliá Hotels International anunciou a abertura do seu primeiro hotel no Rio de Janeiro antes das Olimpíadas de 2016. O Gran Meliá Nacional Rio é fruto da renovação do edifício que já foi ocupado pelo célebre Hotel Nacional, uma obra-prima de Oscar Niemeyer e que está fechado há várias décadas. O desafio da Meliá Hotels Internacional é retomar o esplendor do passado e reposicionar o hotel, cujo edifício foi declarado Patrimônio Histórico.

Através do luxo requintado da marca Gran Meliá, a rede pretende reposicionar este espaço que foi marco do apogeu hoteleiro do Rio, tendo recebido no passado grandes personalidades como Liza Minelli, BB King e James Brown, além de ter sido anfitrião do Festival de Cinema do Rio. As suas magníficas instalações estão agora sendo renovadas para acomodar 417 apartamentos de 33 a 300 metros quadrados, incluindo 2 suítes presidenciais e 50 suítes executivas e de luxo. Os hóspedes poderão usufruir de um restaurante com gastronomia de vanguarda e bares no lobby e no terraço da cobertura. Aliás, o terraço é um espetáculo à parte, com vista de 360 graus para o Rio de Janeiro e para a baía de São Conrado.

O hotel ocupa uma área de 125 mil metros quadrados de espaços interiores e ao ar livre, que contará com numerosas obras de arte. O Centro de Convenções e Eventos de 12 mil metros quadrados terá capacidade para acolher mais de 4 mil pessoas. A sua localização privilegiada, perto da praia do luxuoso bairro de São Conrado e de fácil acesso aos aeroportos do Rio de Janeiro, tornam este hotel perfeito para viajantes de lazer ou negócios. O Gran Meliá Nacional Rio será ainda um dos hotéis oficiais das Olimpíadas 2016.

A aliança entre a Meliá Hotels International e o Grupo HN Participações e Empreendimentos Ltda, liderado pelo empresário Marcelo Gonçalves Limírio, terá um investimento de 100 milhões de euros, garantindo a viabilidade e o sucesso deste grande projeto. O resort urbano visa atender a turismo internacional e doméstico, assim como se tornar um novo epicentro para os residentes do Rio de Janeiro.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, manifestou a sua satisfação com o projeto e com a garantia que a Meliá representa por elevar a qualidade da oferta turística na cidade. “É um grande orgulho ver renascer das cinzas o Hotel Nacional, agora com inspiração olímpica”, afirma.

A Meliá Hotels International está presente há 23 anos no Brasil, onde opera 17 hotéis e está desenvolvendo outros 3, que abrirão até 2018. O Gran Meliá Nacional Rio será, sem dúvida, o hotel mais luxuoso da empresa no país, no qual a companhia se posicionou como uma das empresas mais admiradas e com melhor reputação no setor.

O vice-presidente e CEO da rede, Gabriel Escarrer, afirma que “o Nacional é, por sua localização e características, um sonho para qualquer hoteleiro e estamos confiantes de que, sob a nossa marca Gran Meliá, que combina luxo atemporal e vanguarda, o espaço irá exceder os patamares de sucesso e excelência que teve durante décadas”.

Sobre a sua aposta no mercado brasileiro, Escarrer se revela positivo. “O potencial do país a longo prazo e o incentivo das Olimpíadas a curto prazo são garantias do papel protagonista do Brasil e, em particular, do Rio de Janeiro, apoiando a aposta importante da Meliá em levar a sua marca de luxo mais universal e emblemática – a Gran Meliá – para a costa carioca”.