12 de janeiro de 2016

DJ Sabrina Tomé


Veja aqui a entrevista e o ensaio com a DJ Sabrina que teve toda a inspiração na label Hed Kandi ao estilo Fit&Fabulous .

Nome: Sabrina Tomé

Natural de: Porto Alegre, RS

Idade: 34 anos

Agência: Water Republic / 4Musik (SP)

Time do coração: Não tenho! (risos)

Uma cidade para viver: Rio de Janeiro

Conte um pouco como começou essa dedicação à música?

Desde muito cedo sou apaixonada pela música e sensível a ela, e não me imagino fazendo outra coisa que não fosse ligada a essa arte. Me considero uma pessoa de sorte por estar há tanto tempo podendo me dedicar a minha carreira, que profissionalmente começou em 1997, quando fui chamada para ser residente do antigo Ibiza Club. Costumo dizer que entrei na cabine nessa época e nunca mais saí (risos)!

Como você define o seu estilo de música?

Meu foco atualmente é música eletrônica para dançar.

Você se inspirou em algum DJ lá no início de carreira?

Admiro alguns, sim, como Mark Knight, Laurent Garnier, Carl Cox, Avicii.

O melhor club em que já tocou:

São muitos, mas destaco o P1, em Munique, na Alemanha, e a Privilege, em Búzios.

O que você pensa sobre a música eletrônica brasileira atual?

Estamos vivendo um momento de transição no cenário da música eletrônica. A entrada do novo estilo classificado como “EDM”, de origem norte-americana, colocou muitos DJs/produtores em patamares antes não vistos: os superstar DJs. No Brasil não é diferente. Temos muitos artistas brasileiros diferenciados e reconhecidos no mundo inteiro. Vejo a e-music brasileira se estabelecendo como nicho a cada ano que passa, assim como o pop, o axé, o sertanejo e o funk.

Pelo fato de ser uma DJ que chama a atenção da parte masculina, rola muito bilhetinho nas festas?

Assédio rola sempre, ainda mais em ambientes em que a sedução rola solta. Acho divertido!

Como você vê a questão do ritmo acelerado de novos DJs no Brasil e até mesmo no exterior?

Faz parte do mercado das novidades. E ser DJ se tornou um job desejado. Mas são poucos que permanecem de fato.

E a vida pessoal, como funciona? Hoje você tem um filho e viaja muito. Qual a mágica para manter essa rotina e ainda estar pronta para tocar até altas horas?

Então, nesse quesito rotina agitada é que entra a atividade física, para aguentar tudo com pique. Passei a me dedicar aos meus exercícios com muita disciplina, primeiramente por extrema necessidade. Em segundo plano, surgiu a paixão pelo crossfit e consequentemente uma enorme mudança de lifestyle.

Você teria como listar alguns países que já conheceu em função da sua profissão?

Estados Unidos, Colômbia, Bolívia, Alemanha, Uruguai, Argentina e Austrália.

Teria como citar aquela festa em que você tocou que ficou na memória como a mais top de todas?

A primeira vinda do Tiesto ao Brasil, em 2005, com única apresentação na Granja do Torto, em Brasília.

As fotos deste ensaio foram feitas na academia Sul CrossFit. É ali que você consegue manter o corpo em dia?

Sim, me dedico integralmente à atividade e estou supersatisfeita com os resultados. Fora o ambiente do boxe, que é muito top!

Além do crossfit, você consegue praticar algum outro esporte como rotina?

Yoga.

Para finalizar, qual o seu maior sonho como DJ?

Já sou super-realizada com as minhas conquistas. Porém, meu foco hoje é desenvolver uma identidade própria dentro das minhas produções musicais: uma linha que seja facilmente reconhecida como o “estilo Sabrina Tomé”.

Fotos: ChristianoCardoso/EstúdioSportsMag  //  Make Up & Hair: Jorginho/Sexton  // Locação: Academia Sul CrossFit //