Campo Grande recebe o Circuito CAIXA dia 1º de julho

Para participar da etapa da capital de Mato Grosso do Sul da mais tradicional série de provas de rua do Brasil, basta entrar no site oficial do evento.

Série de provas de rua mais tradicional do Brasil, o Circuito de Corridas CAIXA completa 15 anos em 2018. E Campo Grande não vai ficar fora dessa festa do esporte. A etapa na capital do Mato Grosso do Sul será dia 1º de julho e as inscrições estão abertas. Os atletas interessados em participar devem conformar presença pelo site oficial do evento.

Assim como no ano passado, a expectativa é de que milhares de corredores, entre amadores e profissionais, invadam o Parque das Nações Indígenas, para uma manhã de corrida em busca de performance, saúde e qualidade de vida. A largada será a partir das 8h e o Circuito de Corridas CAIXA oferece opções de percurso para 10km, 5km, com opções para revezamento e caminhada.

A etapa de Campo Grande é a quarta da temporada de aniversário do Circuito CAIXA, que já levou milhares de pessoas para as ruas de Belo Horizonte, Uberlândia e Salvador em 2018. “É sempre uma alegria ver tanta gente praticando um esporte tão democrático como a corrida, desde os atletas de elite dos 10km às pessoas que fazem a caminhada de 5km”, afirma Hélio Takai, diretor da HT Sports, responsável pela organização do evento.

Cada corredor que disputar a etapa de Campo Grande do Circuito de Corridas CAIXA irá receber o kit do atleta, composto por número de peito e camiseta. A entrega está marcada para a loja Centauro do Shopping Campo Grande (Avenida Afonso Pena, 4909, Santa Fé) na sexta-feira (29) das 10h às 20h e no sábado (30) entre 10h e 17h.

Criado em 2004, o Circuito CAIXA já recebeu mais de 285 mil pessoas em 133 provas pelo Brasil até 2017, seguindo de forma ininterrupta no objetivo de apoiar os atletas brasileiros de elite e incentivar o esporte entre os amadores. “Chegar aos 15 anos de atividade comprova a importância de um patrocinador como a CAIXA, que fomenta a cultura de saúde e qualidade de vida por meio do esporte, sem deixar a performance de lado”, completa Takai.