Judoca é selecionada para intercâmbio no Japão

Foto: Divulgação //

Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC), maior acionista controladora da Usiminas, patrocina treinamento internacional de judoca ipatinguense.

“Treinar com os japoneses, é treinar com os melhores”, afirma a faixa preta no judô Ramoni Toledo, da Associação Esportiva e Recreativa USIPA, em Ipatinga, no Vale do Aço. Nesta terça-feira (19), o diretor para as Américas da Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC) – a maior acionista controladora da Usiminas – Kazuhiro Egawa, anuncia o projeto de intercâmbio entre o clube ipatinguense e a Universidade Teikyo, em Tóquio, no Japão – referência no treinamento de atletas do judô.

Para além de vigas de aço e chapas planas, a NSSMC presa pela saúde e desenvolvimento das regiões aonde atua. “O esporte sempre foi para nós, japoneses, não só uma atividade para o corpo e a mente, mas um elo de culturas e valores com os brasileiros”, afirma o diretor. Praticante do judô, Egawa revela que desde o início da construção da Usiminas, ainda na década de 1960, os colaboradores enviados do Japão pela Nippon Steel começaram a promover o esporte em Ipatinga. De lá para cá, grandes nomes do esporte foram enviados para treinar atletas ipatinguenses, como, mais recentemente, o medalhista olímpico em Londres/2012, Masashi Nishiyama.

Judoca

Ramoni Toledo foi uma das jovens a ser inspirada a praticar o judô com mestres comoNishiyama. Ela conta que começou a praticar o esporte aos 10 anos de idade. Agora, aos 17 anos, a faixa preta treina para as competições internacionais. “Meu treinamento na Usipa é diário e estou praticando para a seletiva nacional de base. Quero competir internacionalmente. Meu sonho é lutar no Campeonato Mundial de Judô e, até mesmo, nas Olimpíadas do Japão de 2020. Os japoneses são medalhistas em todos os campeonatos internacionais”, conta.

Ramoni Toledo foi selecionada pela NSSMC para participar do programa de atletas do prestigiado clubede judô feminino da Universidade Teikyo – onde passará dois meses em treinamento. O clube foi fundado em 1994, com a participação da mundialmente famosa judoca japonesa Ryoko Tani – sete vezes campeã mundial e duas vezes campeã olímpica, sendo considerada pela Federação Internacional de Judô como a melhor atleta da história do judô.