Sabrina Gobbo é campeã do XTerra Costa Verde em Mangaratiba

Na Bolívia, Priscilla Stevaux conquistou a prata na segunda de duas etapas da Copa Latino-Americana de BMX, enquanto no Uruguai, Clara Carvalho foi vice-campeã sub-23 do Sul-Americano de Sprint Triathlon.

As três integrantes do Shimano Sports Team em ação no último fim de semana foram destaque em suas provas nas modalidades XTerra, BMX e Triathlon. Em Mangaratiba (RJ), Sabrina Gobbo (Trek/Pearl Izumi/Shimano) garantiu o título do XTerra Costa Verde. Em Sucre (BOL), Priscilla Stevaux (Shimano/Dougtraining/Chase Bicycles) conquistou o troféu de prata na segunda de duas etapas da rodada dupla da Copa Latino-Americana de BMX. E, em Montevidéu (URU), Clara Carvalho (Sense Factory Racing) foi vice-campeã do Campeonato Sul-Americano de Sprint Triathlon na categoria sub-23.

Sabrina Gobbo começou com o pé direito sua busca pelo quinto título consecutivo do ranking nacional de XTerra, no último sábado. Porém, a vitória não foi fácil. A triatleta Shimano saiu da natação em quarto lugar, para em seguida garantir a liderança no mountain bike e administrar na corrida. “Não nadei tão bem, mas na bike consegui buscar as meninas. Abri uma vantagem boa no pedal, enquanto minha corrida não foi como esperava”, contou Sabrina, ciclista que tem sua bike equipada com os componentes Shimano XTR Di2 de transmissão de marchas eletrônica.

No final do Triathlon, Sabrina cruzou a linha de chegada em 1h50min50, após os 750 metros de natação, 18,5 km de mountain bike e 5 km de corrida trail run, a corrida de montanha. Completaram o top 3 do XTerra Costa Verde as atletas Brisa Melcop e Debora Boaretto, em 1h59min28 e 2h14min52, respectivamente. A vitória masculina foi de Fernando Toldi, seguido de Felipe Moletta e Henrique Lugarini.

Copa Latina-Americana

Priscilla Stevaux competiu na altitude de 2.800 metros da cidade boliviana de Sucre, nas duas primeiras de oito etapas da Copa Latino-Americana de BMX. Na abertura da rodada dupla, a sorocabana sofreu um acidente e não conseguiu um lugar no pódio. Já no dia seguinte, no domingo, foi a vez de garantir o vice-campeonato da segunda prova. “Caí no sábado durante o treinamento em um acidente com uma brasileira e machuquei minha mão esquerda, que ficou bastante inchada. Achei que não daria para correr no segundo dia, mas foi possível e fiquei com a prata”, contou a ciclista. A vitória nos dois dias foi da equatoriana Domenica Azuero.

CAMTRI South American Championships

A jovem mineira Clara Carvalho participou no fim de semana do Campeonato Sul-Americano de Sprint Triathlon no Uruguai. Clara competiu na categoria sub-23 e conquistou a segunda colocação, sendo a quinta no geral, incluindo as atletas da elite. “Muito contente pelo resultado no meu pontapé inicial nas competições de triathlon em 2018. Estava liderando na sub-23, mas um erro na segunda transição me fez perder um tempo precioso e fiquei dez segundos atrás da primeira colocada, a argentina Maria Guzman”, contou a triatleta, que encerrou a prova em 1h06min26.