Santa Catarina terá quatro tenistas no Roland-Garros Junior Wild Card Competition

Torneio será disputado no Pampulha Iate Clube, na capital mineira, de 12 a 15 deste mês, e classificará os campeões para disputar o qualifying da competição juvenil de Roland Garros, em Paris, na França.

Quatro tenistas de Santa Catarina disputarão, de 12 a 15 deste mês, em Belo Horizonte (MG), o Roland-Garros Junior Wild Card Competition by Longines. O torneio reúne juvenis, até 18 anos, no feminino e no masculino, de diferentes regiões do País. Realizada em conjunto pela Confederação Brasileira de Tênis e a Federação Francesa de Tênis, a competição será nas quadras do Pampulha Iate Clube e classificará os campeões para jogar o qualifying juvenil de Roland Garros, em Paris, na França, no final de maio.

São catorze pré-classificados e mais dois wild cards – a serem anunciados na próxima semana -, tanto na chave masculina como na feminina. No masculino, entre os pré-classificados estarão em busca do título os catarinenses Mateo Reyes, de Florianópolis, João Victor Loureiro, de Joinville, e Victor de Oliveira, de Balneário Camboriu. No feminino, Namie Isago, de Joinville.

João Loureiro, mineiro, mas radicado em Joinville há 3 anos, treinado por Ricardo Schlachter, na RS Tennis, é número 1 dos 16 anos na Gira COSAT, classificado para a Gira Europeia do meio do ano e ganhou quatro títulos na Gira Sul-Americana, incluindo o Banana Bowl.

O Roland-Garros Junior Wild Card Competition by Longines terá lançamento no dia 11, no Pampulha Iate Clube, com a presença dos mineiros Marcelo Melo, embaixador no Brasil do torneio, tenista número 1 do mundo no ranking individual de duplas e recém-eleito atleta do ano pelo COB, e Bruno Soares, 15º no ranking.

Além de Santa Catarina, participarão tenistas de mais sete estados do País e do Distrito Federal – Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Os campeões em Belo Horizonte, no masculino e no feminino, disputarão o qualifying em Paris com os vencedores dos torneios Roland Garros Junior da Índia e da China. Quem ficar com o título entre os países entra direto na chave principal juvenil de Roland-Garros.

O torneio tem um novo nome nesta edição 2018, mas o formato do evento, em parceria com a Longines, é idêntico ao Rendez-Vous à Roland Garros, disputado em Florianópolis (SC), em 2017, quando o mineiro João Ferreira e a paranaense Nathalia Gasparin foram campeões.