Tira-teima entre Brasil x África acirra disputa do Circuito CAIXA

Corredores brasileiros e quenianos que dividiram o pódio há uma semana, no Recife, voltam a se enfrentar neste domingo, nas ruas da capital cearense.

A etapa de Fortaleza do Circuito de Corridas CAIXA promete ser um tira-teima entre brasileiros e africanos. Atletas das duas nações competem na prova desta domingo após se enfrentarem no Recife, há uma semana. Na ocasião, os quenianos Isaac Kimutai Kiplagat e Emily Chepkemoi Arusio foram os mais velozes, seguidos por Joílson Bernardo da Silva e Franciane dos Santos Moura na Elite 10km. A largada na capital cearense será no Aterro da Praia de Iracema, a partir das 6h.

O esquadrão verde-amarelo conta com reforços de peso na batalha para superar os adversários africanos. Dono do recorde do Circuito CAIXA no Recife (29min26, obtido em 2012) e campeão da etapa disputada em Uberlândia (no dia 19 de maio), Damião Ancelmo de Souza é presença confirmada. Entre as mulheres, destaque para Simone Ponte Ferraz, primeira colocada em Uberlândia, e Marily dos Santos, terceiro lugar na capital pernambucana. Do lado dos estrangeiros, além da dupla do Quênia, a prova terá Amina Mohamed Mgoo, da Tanzânia.

Na Elite 10km no Recife, Isaac Kimutai Kiplagat venceu com o tempo de 30min29. Chegou 21 segundos à frente do segundo colocado, Joílson Bernardo da Silva (30min50). No feminino, Emily Chepkemoi Arusio conquistou a vitória com o tempo de 35min28, enquanto Franciane dos Santos Moura (campeã na abertura do Circuito CAIXA 2018, em Belo Horizonte, no dia 13 de maio), completou o percurso em 35min40. O recorde em Fortaleza foi estabelecido em 2012 e pertence aos quenianos Paul Koech Kimutai (28min39) e Filomena Cheyech Daniel (32min25).

Herói

As atividades da etapa de Fortaleza do Circuito CAIXA começam nesta sexta-feira, quando o medalhista olímpico Cláudio Roberto de Sousa fará palestra para 200 crianças de 10 a 12 anos do Colégio Antares (rua Ocelo Pinheiro, 101, bairro Papicu), às 10h. Vice-campeão no revezamento 4x100m rasos dos Jogos de Sydney/2000 e medalha de prata na mesma prova no Campeonato Mundial de Paris/2003 (FRA), ele vai contar um pouco sobre a carreira e o quanto o esporte transformou sua vida. “Vou abordar a importância da atividade física como ferramenta para educação, saúde, segurança”, explica Cláudio Roberto, integrante do programa Heróis do Atletismo CAIXA, coordenador do Projeto Cidadão Olímpico – Correndo na Frente, em Teresina, no Piauí, sua cidade natal, e participante da etapa de Campo Grande, há um mês.

Além da palestra para os estudantes, o medalhista olímpico estará disponível para fotos, autógrafos e bate papo sobre esporte na loja Centauro do Shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, 85), neste sábado, entre 11 e 12h. O local será palco da entrega do kit dos atletas da etapa da capital do Ceará do Circuito de Corridas CAIXA.