Theatro São Pedro apresenta Dom La Nena

Foto: Jeremiah //

Após arrancar elogios da crítica estrangeira com o seu disco de estreia, Dom La Nena vai trazer para Porto Alegre a turnê do seu mais novo trabalho de estúdio, lançado mundialmente no ano passado.

A compositora e violoncelista gaúcha, radicada em Paris desde a adolescência, irá apresentar no Theatro São Pedro, no dia 27 de abril, o repertório folk de “Soyo”, que mistura canções em português, espanhol, inglês e francês. O álbum, eleito pela rádio norte-americana NPR um dos mais belos registros musicais de 2015, foi produzido em parceria com Marcelo Camelo e será levado para o palco com todo o seu sabor latino em evidência e com as suas canções, que se posicionam entre o pop e o erudito.

A jovem artista, de apenas 25 anos, já acompanhou a cantora inglesa Jane Birkin – musa de Serge Gainsbourg – em diversas turnês pela Europa e aproveitará o seu retorno ao Rio Grande do Sul também para mostrar algumas faixas de “Ela”, o seu respeitado debut. “Batuque” e “Saudade”, por exemplo, dividirão espaço com “Sega Jacquot”, parceria com a cantora Rosemary Standley, e com as novas “Vivo na Maré” e “Juste Une Chanson”, entre outras.

DOM LA NENA

Revelada em 2013 com seu elogiado primeiro álbum, chamado “Ela” (Som Livre), a jovem cantora, compositora e violoncelista Dom La Nena rodou o mundo com sua música folk muito pessoal, inspirada pela saudade brasileira. Dom nasceu em Porto Alegre, cresceu em Buenos Aires e hoje mora em Paris. O seu trabalho de estreia foi elogiado pela crítica internacional, como os jornais norte-americanos The New York Times e The Wall Street Journal, a revista francesa Les Inrockuptibles, o jornal Público em Portugal e os veículos nacionais O Globo e Folha de S. Paulo.

“Soyo”, o seu segundo disco lançado mundialmente em 2015 (Som Livre/Slap), também foi extremadamente elogiado pela imprensa dos Estados Unidos, do Canadá, da Europa e da América do Sul. O álbum, produzido em parceria com Marcelo Camelo (Los Hermanos), traz 11 canções escritas e compostas por Dom em português, espanhol, francês e inglês. A turnê de apresentação de “Soyo” começou no início do ano passado e já passou pela América do Norte, por diversos países da Europa (França, Espanha, Bélgica, Suíça, Inglaterra, Suécia e Áustria, entre outros) e pela América do Sul, somando mais de uma centena de apresentações.

Nos Estados Unidos, a revista The New Yorker considerou a sua apresentação, realizada em Nova York, um dos melhores momentos culturais de 2015. Além disso, Dom já colaborou com diversos artistas, como a cantora inglesa Jane Birkin, a atriz Jeanne Moreau, a cantora francesa Camille, o paulistano Thiago Pethit e, mais recentemente, com a mexicana Julieta Venegas e com o uruguaio Jorge Drexler. A artista estará de volta à América do Sul, em abril de 2016, e, pela primeira vez, a apresentação do disco “Soyo” passará por Porto Alegre, no belo palco do Theatro São Pedro. Depois, ela segue para Buenos Aires, La Plata e Montevidéu.