Opinião 35 Anos apresenta Pitty

Depois de passar dois anos longe da estrada, Pitty vai voltar aos palcos em 2018, com uma nova turnê.

A cantora estará mais uma vez no Opinião, no dia 30 de agosto, para mostrar aos fãs um show totalmente inédito, misturando a essência dos seus primeiros sucessos e a estética das suas faixas mais atuais. Contrariando os moldes já estabelecidos, em que todo álbum é acompanhado por uma excursão, Pitty irá apresentar as suas canções recentemente finalizadas ao mesmo tempo que estreiam nas plataformas digitais, antes mesmo do seu disco novo, previsto para sair ainda em 2018, chegue às lojas.

Com um repertório cheio de momentos especiais, em que serão compilados hits do tamanho de “Admirável Chip Novo”, “Me Adora”, “Na Sua Estante” e “Setevidas”, a cantora ainda vai trazer para Porto Alegre algumas faixas extremamente recentes, como “Te Conecta”, que debutou ao vivo no começo de junho no festival João Rock, e o singles “Na Pele” e “Contramão”. “Quero dar uma outra perspectiva para essa tour, fundindo o que é simples e básico, chegando em algo novo que converse com o meu momento atual. Quero experimentar uma coisa mais próxima do público, e quem sabe, mais intimista no show”, adianta Pitty. Para isso, o palco será montado de uma maneira totalmente diferente e o cenário será composto por desenhos da artista Eva Uviedo. Imperdível!
PITTY
Pitty nasceu no emblemático ano de 1977, que ficou marcado pela explosão do movimento punk em todo o planeta. Ela passou pela banda Shes (1998) e pelo grupo de hardcore Inkoma (1998-2000) antes de despontar em carreira solo, com o lançamento do álbum “Admirável Chip Novo”, de 2003. Junto com “Anacrônico”, que chegou às lojas em 2005, os dois primeiros discos da cantora venderam mais de 350 mil cópias, renderam nove VMB’s, cinco Prêmios Multishow e apresentações que correram o Brasil inteiro – e passaram também por países como Portugal e Japão.

A trajetória de Pitty iniciou a partir de um convite do músico e produtor Rafael Ramos, que já conhecia a cantora desde o disco “Influir” (2000), do Inkoma, e respondia pela gravadora Deck Disc naquele momento. Com bastante material acumulado, Pitty desenhou “Admirável Chip Novo” e logo no primeiro ano concorreu ao prêmio de revelação do VMB, da MTV Brasil. No ano seguinte, ela levou pra casa os dois principais prêmios do VMB (concorreu em cinco categorias): escolha da audiência e clipe de rock.

Fazendo um estrondoso sucesso em todo o Brasil, os movimentos de Pitty em cima do palco foram registrados no DVD documental “Admirável Vídeo Novo” (2004), dirigido por Ricardo Spencer. Com o lançamento de “Anacrônico”, Pitty coroou o ano de 2005 com mais três VMB’s – ídolo, vocalista da banda dos sonhos e performance ao vivo – e com o convite para tocar no Rock in Rio Lisboa, abrindo para Roger Waters e Red Hot Chilli Peppers.

Já 2006 foi o ano de mais quatro estatuetas do VMB: melhor clipe de rock, melhor site, vocalista da banda dos sonhos e escolha da audiência, que conduziram Pitty ao lançamento do seu segundo DVD, intitulado “{Des}Concerto ao Vivo” e também lançado em CD. Gravado em um tiro só, esse foi o registro de um show memorável realizado no Citibank Hall, em São Paulo. O lançamento rendeu mais dois prêmios no VMB 2007: clipe do ano e vocalista da banda dos sonhos, pela terceira vez consecutiva.

Em 2009, os fãs puderam acompanhar o que estava acontecendo nas gravações do novo disco através do blog “256 Tons de Cinza”, onde Pitty postava trechos de músicas, fotos e relatos. O CD “Chiaroscuro” foi lançado em agosto daquele ano junto com o clipe de “Me Adora”. Em setembro, logo após a chegada do álbum, a cantora e a sua banda partiram em uma turnê pelo Brasil, aquecendo o público para o lançamento de mais um DVD, “Chiaroscope”, que viria em novembro, com imagens captadas durante a gravação do disco. O registro ficou durante semanas no ranking dos DVD’s mais vendido do país.

Depois de quase cinco anos sem nenhuma novidade, Pitty voltou aos holofotes em 2014, com mais um álbum. “Setevidas” chegou às lojas em junho e teve a melhor recepção de toda a sua carreira. Os singles “Setevidas”, “Serpente” e “Um Leão” saíram aos poucos e chegaram ao topo de diversas paradas no Brasil. No momento, a cantora prepara a gravação de um novo disco, previsto para ganhar as ruas ainda em 2018. “Te Conecta”, já presente no repertório de alguns shows; “Na Pele” (com a participação de Elza Soares) e “Contramão” são algumas das faixas inéditas já disponibilizadas nas plataformas digitais.