Wellington, a capital

Ao contrário do que muitos pensam, a capital da Nova Zelândia é Wellington, e se situa ao sul da Ilha Norte, e é o portão de saída e entrada das ilhas do país.

Mesmo sendo a capital, Wellington não é a maior cidade do país, mas eu tive a impressão de que é uma cidade maior que Auckland, tendo em vista que as atividades são muito espalhadas.

A cidade do vento faz juz ao nome, então se prepare para se proteger. Você encontrará atividades ao ar livre, culturais, gastronômicas, etílicas e para os fãs de cinema, você estará no lugar certo, pois a cidade tem uma cena cinematográfica enorme.

Dentro das milhares de atrações, não perca o Museu Te Papa, com muita interatividade, focando na história e na cultura da Nova Zelândia. Além disso, fica na orla, e você tem uma vista incrível e pode apenas curtir o espaço de fora, pegando um sol e muito vento e fazendo um lanche.

Você irá gastar um bom tempo caminhando pela cidade, passando pelos prédios do parlamento, a famosa rua Cuba, e poderá subir até o jardim botânico com um bonde reformado, e que irá te proporcionar vistas incríveis da cidade! Vale muito subir por ele, e descer caminhando pelo jardim.

Se você não é muito da cidade, não se preocupe, pois você terá muitas atividades junto a natureza 🙂

Já sabe que não pode deixar a capital de fora, né?! Agora curte as fotos e já sabe, precisando de ajuda para sua viagem, conte comigo!!

***

Não sabe onde ficar? Dá uma olhada no YHA, que achamos bem confortável, bem localizado e agradável para todas as idades.

O museu Te Papa é gratuito (exceto algumas exposições), e abre todos os dias, exceto natal, das 10h às 18h. Fica localizado na Cable Street, 55.

Texto: Diana Pinto / @ababelada