17 de maio de 2017

Adriano de Souza é BI!!!!


O mês de maio não poderia terminado de forma mais perfeita para Adriano de Souza, o Mineirinho. Depois de deixar sua trajetória registrada em biografia e documentário lançados dias atrás, o campeão mundial de 2015 escreveu mais um capítulo de sua história em construção com o bicampeonato do Oi Rio Pro nesta quarta-feira (17) em Saquarema (RJ). Esta é a sétima vitória de Adriano no Circuito Mundial, a primeira desde o Pipe Masters de 2015 e o segundo triunfo dele no Brasil – o primeiro foi em 2011 na capital carioca.

A conquista no Rio veio de forma invicta, com vitórias em todas as suas baterias e de forma impiedosa, deixando pelo caminho grandes campeões como Gabriel Medina, que perdeu para ele no round 4, e surpresas meteóricas como Yago Dora, a quem bateu na semifinal. A disputa com Dora, inclusive, mereceu um capítulo a parte por conta do adversário ser filho do treinador de Mineirinho, Leandro Dora, o Grilo, e um dos pupilos de Adriano, já que convivem e treinam bastante juntos.

Já a grande final foi contra o velho rival dos tempos de amador, Adrian Buchan, com o rival chegando a confrontar na primeira metade da final o brasileiro, que cravou a melhor nota da disputa com 9.80 e garantiu o título de forma indiscutível. “Ele foi muito preciso. Placar por placar”, comentou a lenda Carlos Burle, que fez as vezes de comentarista da WSL na transmissão ao vivo da final. “Foi uma honra competir contra ele, pois ele é um modelo para todos os jovens brasileiros”, ressaltou o vice-campeão Adrian Buchan.

“Queria agradecer muito a Deus por esse momento maravilhoso. Não sentia esse gosto desde dezembro de 2015. Batalhei muito e todo mundo sabe. Nunca desisti dos meus objetivos sempre acreditei firme em todos os momentos. Isso mostra nosso país, mesmo na dificuldade a gente vai trabalhar com o sorriso no rosto e a bandeira o peito. Cheguei aqui no pódio na frente de vocês, depois de uma grande bateria com o Ace, um cara com quem disputo desde a fase amadora. Mas a partir de agora só posso dizer uma coisa: obrigado. A vocês por virem de longe. A WSL pelo evento. A Oi e ao Estado do Rio pelo apoio. Obrigado minha esposa, minha equipe, minha mãe, meu irmão e obrigado a todos vocês”

Como resultado, Mineirinho pulou para a vice-liderança do ranking empatado com Jordy Smith e Owen Wright, todos com 24.400 pontos. Por muito pouco, o atual campeão John John Florence se sustentou em primeiro lugar com 24.750 pontos e segue com a lycra amarela na próxima etapa, que acontece entre 04 e 16 de junho em Fiji.

Resultado final do Oi Rio Pro

1. Adriano de Souza (BRA)

2. Adrian Buchan (AUS)

3. Yago Dora (BRA) e Matt Wilkinson (AUS)

Os melhores do ranking após quatro etapas:

1. Johh John Florence (HAW), 24.750

2. Adriano de Souza (BRA), 24.400

2. Owen Wright (AUS), 24.400

2. Jordy Smith (AFS), 24.400