15 de maio de 2015

André Tourinho chega à 51ª posição do ranking mundial

252731_500533_andre_tourinho__36_

Foto: Zeca Resendes //

Membro do time de Alto Rendimento da CBG obtém a melhor posição de um brasileiro na história no ranking mundial.

O carioca André Tourinho chegou esta semana à 51ª posição do Ranking Mundial de Golfe Amador (WAGR, na sigla em inglês), a melhor posição de um brasileiro na lista na história. Há pouco mais de um mês, ele já tinha alcançado esse feito ao se tornar o 78º da lista – antes dele, o recorde era do paulista Rafael Becker, que chegou à 85ª colocação e hoje é profissional e disputa o PGA Tour Latinoamérica.

Apesar de não ter disputado nenhum torneio nas últimas semanas, Tourinho melhorou de posições pois competições em que ele não havia jogado bem no ano passado foram descartadas, e sua média aumentou.

“O ranking atual reflete agora com mais fidelidade o excelente momento da carreira de Tourinho, um excelente golfista, que tem obtido resultados muito bons”, diz Nico Barcellos, diretor técnico da Confederação Brasileira de Golfe (CBG).

Membro do time de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Golfe (CBG), Tourinho tem sido convocado pela entidade para representar o Brasil em diversas competições ao redor do mundo, com o objetivo de conquistar pontos para o ranking mundial. Ele tem viajado com apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e com recursos da Lei Agnelo Piva.

Apenas este ano, Tourinho foi medalha de bronze no Latin America Amateur Championship, na Argentina, medalha de prata no Sul-Americano Amador, no Peru, e vice-campeão do Azalea Invitational, um dos campeonatos amadores mais tradicionais dos EUA.

“Eu não seria capaz de conseguir nada disso sem todo o suporte que tenho recebido da CBG. Desde 2012, quando fiquei mais próximo da entidade, a CBG fez diversas modificações e melhoras para desenvolver o golfe no Brasil. Não apenas para os atletas, mas para todo o País. Não poderia estar mais orgulhoso por representar o meu País e essa grande entidade e trabalhadores que fazem um excelente trabalho todo dia. Gostaria de agradecer a todos na CBG pelos seus esforços e, como jogador, quero continuar melhorando e representando o Brasil da melhor maneira possível”, disse Tourinho quando chegou à 78ª posição do ranking.

O Programa de Alto Rendimento da CBG foi desenhado e comandado pela Diretoria Técnica composta pelos coachs Shaun Case e Nico Barcellos. O programa tem como objetivo principal o desenvolvimento técnico-comportamental dos atletas em competições internacionais para um melhor posicionamento no ranking mundial.