Artemus de Almeida montando Cassileiro fatura GP

Foto: Luis Ruas //

Concurso de Salto Nacional na Sociedade Hípica Paulista teve cerca de 450 cavalos em pista com provas 1.10 a 1.45 metro reunindo tops do Brasil, amadores e jovens talentos.

Na tarde do último domingo, o GP / Clássico, a 1.45 metro, fechou o Concurso de Salto Nacional II SHP Open. A disputa contou com 57 conjuntos top nacionais, dos quais conforme a regra os 12 melhores – seis sem faltas, um com um ponto perdido e cinco com uma falta – habilitaram-se à 2ª e decisiva volta com armação do experiente course-desginer Carlos Alberto Raposo Lopes. Sagrou-se campeão, o cavaleiro pan-americano paulista Artemus de Almeida montando Cassilero, um holsteiner de 10 anos, com duplo zero falta em 54s02.

O vice-campeonato ficou com a premiada dupla brasiliense Luiz Felipe Pimenta Alves e VDL Valdez Assolute RG que também fez dois percursos limpos, em 55s42. Sem faltas na 1ª volta e o melhor tempo na 2ª, 50s77, mas com um derrube, o top Felipe Amaral, cavaleiro reserva na Rio 2016, levou Premiere Carthoes BZ ao 3º posto.

“Sem dúvida, estou muito satisfeito com o Cassilero. Ele saltou o Torneio de Verão em meados de fevereiro, já andou muito bem e hoje foi perfeito. A gente tem tem uma parceria boa de dois anos, ele é um cavalo muito constante”, garantiu o campeão Artemus, que treina em seu Manège Querubim, em Itu, no interior paulista.”O traçado estava muito bom, bem técnico, acho que até pelo número de concorrentes tinha que ser assim. Essa conquista é resultado de toda a equipe, da família Gonzaga, proprietários do cavalo, e todos que trabalham conosco.”

O SHP Open 2017 que abriu a temporada nacional da Sociedade Hípica Paulista contou com a participação de cerca de 450 cavalos nas 33 provas de 1.10 a 145 metro, com premiação total de R$ 112 mil. O próximo Nacional de Salto na centenária casa, mais tradicional polo hípico do pais que em 2017 completa 106 anos, é a 46ª Copa São Paulo, entre 1 e 4/6.