5 de agosto de 2013

Atleta brasileiro foi terceiro colocado na Copa Internacional de Canoagem Onda


Único brasileiro na disputa da Copa do Mundo de Canoagem Onda, realizada de 21 a 26 de julho, o santista Gilberto Filgueira, o Giba, fez bonito nas águas da Praia de Santa Cruz, em Torres Vedras, Portugal. Ele conquistou o terceiro lugar na categoria master de waveski (caiaque em ondas), comemorando o feito, principalmente pela dificuldade encontrada “fora de casa”.

“A disputa foi bem concorrida, sobretudo pelos atletas locais que tinham total apoio da torcida”, comentou Giba, definindo a semifinal como a fase mais difícil na trajetória ao pódio. “Ficaram apenas oito atletas e só quatro chegariam na final. Entre eles estavam o campeão europeu, Kieran Davies, três portugueses, um australiano, dois ingleses, um espanhol e eu”, comemorou.

“Ser o único brasileiro foi uma grande responsabilidade. Ouvir do locutor oficial, com a praia lotada, o meu nome e o meu País na grande final, e ainda por cima sair aplaudido do mar, com a bandeira do Brasil nas costas, foi uma emoção muito grande. Eu nunca vou esquecer”, relembrou o coordenador Geral de Operações da Libra Terminais Santos, que se divide entre a vida profissional e a de atleta, com treinos em períodos opostos aos de plantão.

Além do terceiro lugar na categoria máster de waveski, Giba ficou com o nono lugar na categoria open da mesma modalidade. Agora, Giba se prepara para a segunda etapa do Brasileiro deste ano, que será disputada em setembro, em Guarujá, e para o Mundial de Waveski, na África do Sul, em 2014.