Brasil concorre a sede da Série Mundial de Sevens

Foto: João Neto/Fotojump/CBRu   //

São Paulo foi escolhida pela Confederação Brasileira de Rugby como candidata a sediar etapa da competição na temporada 2015/16.

A cidade de São Paulo foi anunciada oficialmente nesta terça-feira, 1º de julho, como candidata a receber uma etapa da temporada 2015/16 da Série Mundial de Sevens, a principal competição continental anual de rugby sevens masculino. A confirmação das sedes escolhidas será no dia 10 de outubro e o sevens é parte do programa dos Jogos do Rio-2016, marcando o retorno do rugby aos Jogos Olímpicos.

“O circuito mundial é um evento enorme no mundo, uma competição que tem muito prestígio. Pegando a onda Olímpica, seria muito bom ter uma etapa desse torneio aqui no Brasil. Com certeza iria atrair mais atenção e fãs, já que é um torneio com muito potencial para divulgar o rugby aqui no País”, afirma Bernardo Costa Duarte, diretor de torneios e eventos da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu).

A Série Mundial de Sevens tem hoje nove etapas, realizadas de outubro a maio. Recebem o circuito: Austrália, Emirados Árabes Unidos, África do Sul, Nova Zelândia, Estados Unidos, Hong Kong, Japão, Escócia e Inglaterra, sendo a América do Sul, portanto, o único continente sem uma etapa do torneio. Para a temporada 2015/16 o calendário será revisto e contará com 10 etapas. Além do Brasil e dos nove países que já recebem o circuito, são candidatos à sede Argentina, Canadá, Quênia, Cingapura, Alemanha, Holanda e França.

“Acredito que nossas chances são boas, porque enviamos uma proposta sólida, com bons argumentos, e temos a vantagem de sermos a sede olímpica. A CBRu está alinhada com a International Rugby Board (IRB) com as estratégias de divulgação do rugby”, complementa Duarte.

Vale lembrar que o Brasil recebeu neste ano uma etapa do Circuito Mundial de Rugby Feminino, torneio similar para as mulheres que foi digno de elogios da IRB em todos os aspectos, e também lançou nova candidatura para recebê-lo novamente em São Paulo em fevereiro de 2015.

Sobre a Série Mundial de Sevens

 

A Série Mundial de Sevens é um torneio para seleções nacionais dividido em nove etapas disputadas ao redor do mundo. Ao fim destas, o maior pontuador de todas as etapas somadas é coroado campeão da série.

15 seleções fazem parte do grupo de equipes fixas e mais uma é convidada pelo país sede de cada etapa. A temporada 2014/15 do torneio ganhou ainda mais relevância após o anúncio da IRB que os quatro primeiros colocados na classificação geral terão vaga garantida nas Olimpíadas do Rio-2016.

A última temporada da competição (2013/14) foi considerada um enorme sucesso pela IRB, com 569 mil expectadores nos estádios nas etapas somadas, além de 4,5 mil horas de transmissões televisivas para 145 países, chegando a aproximadamente 400 milhões de casas em todo mundo.

“A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o patrocínio máster do Bradesco e, como patrocinadores principais, Topper, Outback Steakhouse, Heineken, JAC Motors e Unilever, através das marcas Dove Man Care e Kibon. Conta ainda com Alupar, CEMIG, Cultura Inglesa, Brookfield Incorporações e BR Properties como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro Integral Médica, Travel Ace, Fortify, Deloitte e JExperts, além do Ministério do Esporte.

O rugby é o segundo esporte mais praticado no mundo, têm 5 milhões de jogadores e está presente em 120 países. No Brasil, são mais de 100 mil seguidores, mais de 200 agremiações esportivas e 10 mil atletas registrados, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a International Rugby Board (Federação Internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.”