Brasil Ride Ultra Trail Run 70k conhece os campeões

Foto: Wladimir Togumi //

Na principal disputa da competição realizada na Cuesta Paulista, a dos 70 km, Silvanio do Nascimento Silva e Silvia Durigon foram os campeões com quebra de recorde.

O município de Botucatu, localizado na região da Cuesta Paulista, recebeu no último fim de semana a terceira edição da Brasil Ride Ultra Trail Run 70k, com a participação de mais de 1.300 competidores. Nessa que é uma das mais importantes provas do País nas corridas de montanha de longas distâncias, por dar quatro pontos no ranking da Associação Internacional de Corrida de Montanha (ITRA) em cinco possíveis, dois atletas colocaram seus nomes na história do esporte, ao vencer os 70k: Silvanio do Nascimento Silva e Silvia Durigon, em 6h19min13 e 7h49min31, respectivamente.

O atleta Silvanio, de São Paulo (SP), destacou-se na prova masculina dos 70k, sem dar chances para seus rivais, e quebrou o seu próprio recorde, que era de 6h39min26, sagrando-se tricampeão da Ultra70k. A disputa pelo vice-campeonato foi a mais equilibrada, com Genival Griffo, que fechou o percurso em 7h04min25, e na sequência, Roger Mark Darrigrand, dos EUA, (7h09min17). Completaram o pódio Manuel Lago (7h12min12), do Rio de Janeiro (RJ), e Paulo Pereira da Silva (7h27h09), de Araxá (MG).

Na luta pelo título nos 70k feminino, também houve equilíbrio, porém na busca pelo segundo lugar do pódio. Enquanto Silvia Durigon, de Florianópolis (SC), foi a única a terminar abaixo de oito horas, Patrícia Ap dos Santos, de Barueri (SP), e a paraguaia Tania Sapoznik fizeram um bonito duelo pelo vice-campeonato. Patricia, a campeã de 2016, levou a melhor e terminou em 9h15min08, enquanto a atleta do Paraguai finalizou em 9h17min05. Completaram o top 5, entre as mulheres, Rosa Farias (9h43min33) e Elizabete do Prado (9h46min06).

“Todos os postos de hidratação estavam impecáveis, assim como o balizamento da prova. Estava muito feliz por estar competindo ali, era o que eu queria fazer, apenas correr naquele espaço com aquela paisagem”, comentou a campeã Silvia ao final da prova. Os atletas dos 70k levaram para casa, além dos troféus, a premiação em dinheiro que totalizou R$ 12.000. O sol forte e a alta temperatura exigiram bastante dos corredores, que repunham suas energias ao chegar a cada um dos pontos de hidratação, servidos com água, refrigerante, isotônico e frutas.

Ainda nos 70k, as provas de duplas também chamaram a atenção. Na masculina, o lugar mais alto do pódio foi conquistado por Renan Alcantara dos Santos e Sandro de Felippe Ottob, em 6h28min29. Na mista, a vitória foi de Jussara Vieira e Roberto Ghussn, em 7h59min24. E, nas duplas femininas, Lucilene Batista Xavier e Rose Silva foram as vencedoras, em 9h02min29.