Brasil Ride volta à Costa do Descobrimento

Foto: Armin Kustenbruck //

Entre 15 e 21 de outubro, os melhores atletas de mountain bike do mundo pedalarão pelas trilhas e estradas de terra entre Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, e o município de Guaratinga, na principal ultramaratona de MTB das Américas.

A Costa do Descobrimento, na Bahia, voltará a respirar e vivenciar o ciclismo em outubro. Entre os dias 15 e 21 do mês, os melhores ciclistas de mountain bike do mundo disputarão a oitava edição da Brasil Ride, a principal ultramaratona de MTB das Américas. Como é de costume, o evento reunirá mais de 1.500 atletas, os 500 participantes da Brasil Ride e outras centenas que competem no sábado (21) na Maratona dos Descobrimentos, sentindo o gostinho de disputar uma das sete etapas da prova, com corridas entre Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, e o município de Guaratinga.

“A Brasil Ride é a maior prova por etapas de MTB com serviço completo do continente americano. Desde o seu início, os ciclistas só precisam cuidar dos seus corpos e focar na disputa. Todo o resto é feito pela organização”, conta Mario Roma, fundador da competição. “Nutrição para a prova, água, bebidas isotônicas e carboidratos são disponibilizados em pontos de hidratação, durante todo o percurso. Temos estafes que contemplam a equipe médica treinada, no percurso da prova, e um hospital móvel em uma carreta totalmente equipada, em operação nas Vilas Brasil Ride”, complementa Mario, destacando só alguns dos diferenciais da corrida.

A oitava edição da Brasil Ride terá, como é de costume na ultramaratona, sete etapas, com o início no prólogo na tarde do domingo (15) e encerramento no sábado (21). Os ciclistas pedalarão cerca de 600 km, com a altimetria acumulada em torno de 13.000 metros, entre mar e montanhas. Após Arraial d’Ajuda, a corrida passará ainda por Eunápolis, Itabela e Guaratinga, chegando à região de São João do Sul.

Na área costeira de Porto Seguro, os participantes encontrarão muitos single tracks (trilhas estreitas) típicos da região. Já no interior, plantações de cacau, parques e regiões de montanhas, próximo da divisa entre a Bahia e Minas Gerais, serão as localidades responsáveis por receber as etapas com as maiores distâncias e altimetrias acumuladas.

Disputada sempre em equipes – duplas ou trios -, a prova terá as categorias feminino, mista, open, máster (nenhum atleta com menos de 40 anos), grand máster (nenhum atleta com menos de 50 anos), nelore (acima de 90kg) e corporativa (três integrantes).

Além das sete categorias, há também duas jersey especiais, a american man e american ladies, que independem da categoria na qual a equipe foi registrada. Esta premiação é aberta para todos os grupos, desde que estejam com passaporte válido de um país do continente americano (Américas do Norte, Central e Sul).