BRAZIL RUN SERIES/CIRCUITO DE CORRIDAS CAIXA

 Foto: Luiz Doro/adorofoto   // 

Justino Pedro da Silva, vice-campeão, foi o melhor brasileiro na capital gaúcha; amadores também deram show, doando tênis para atletas carentes da cidade.

Fabiana Cristine da Silva só precisou controlar o ritmo, para arrancar no momento certo e vencer a disputa do Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA em Porto Alegre, neste domingo (31). A fundista superou outros nomes fortes, como a queniana Consolata Cherotich e a bicampeã em Porto Alegre, Conceição Oliveira, chegando à segunda vitória na competição, após a etapa de Recife. Já na elite masculina, Justino Pedro da Silva teve um duelo acirrado com o queniano Edwin Kiprop Kibet e terminou como vice-campeão e melhor brasileiro. O próximo desafio do Circuito será a prova noturna de Ribeirão Preto, em 11 de outubro.

Depois da chuva da madrugada, o tempo amanheceu com temperatura em torno dos 17 graus, tornando o clima ideal para as disputas de 5 km e 10 km na capital do Rio Grande do Sul. A prova estreou um novo percurso, com largada no Anfiteatro Pôr do Sol, passando próximo ao Acampamento Farroupilha, que tem uma série de atividades ligadas às tradições gaúchas, além de chegar até a orla do Rio Guaíba. O trajeto plano é considerado um dos mais rápidos do Circuito.

“Eu corri com a cabeça, administrando o ritmo, sem forçar demais. Só arranquei no último quilômetro, quando achei que ninguém conseguiria mais me alcançar”, conta Fabiana, que soma agora 270 pontos na liderança do Ranking CBAt/CAIXA, alargando para 25 pontos a vantagem sobre a vice-líder e colega de equipe, Fernanda Raimunda Soares.

Na corrida masculina, Edwin Kibet também fez uma prova estratégica. Apenas no sexto quilômetro procurou Justino Pedro da Silva, o melhor brasileiro na disputa, e deu uma arrancada para ultrapassá-lo. Nos últimos mil metros, ainda desacelerou um pouco, controlando o ritmo. “Gostei do percurso e do clima, foi uma boa prova”, comemorou o queniano.

Para o vice-campeão Justino, o segundo lugar valeu como vitória. “Foi uma prova de alto nível técnico. Corri forte, acompanhando o queniano até onde deu, mas faltou perna no final. Mas para mim esse segundo lugar é como se fosse o primeiro, pela qualidade da disputa e porque consegui pontos importantes. Ainda faltam muitas provas até o final do ano, dá para subir mais algumas posições no ranking”, destacou o fundista, que, com o resultado deste domingo, deve pular do nono para o sexto lugar na classificação geral.

Terceiro colocado na etapa gaúcha do Circuito, Valdir Oliveira também somou pontos importantes para diminuir a distância entre ele e o líder do ranking brasileiro de corrida de rua, Sivaldo Viana. Valdir agora tem 307 pontos, 56 a menos que Sivaldo, que terminou em sexto lugar na prova deste domingo e chegou a 363 pontos.

 

Solidariedade

Entre os amadores, a vitória foi da solidariedade. Os participantes doaram dezenas de pares de tênis para o Complexo Esportivo Barro Vermelho, projeto que ensina mini-atletismo a crianças carentes do bairro de Restinga, como forma de inclusão social. A ação fez parte da campanha iniciada pelo Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA nesta temporada, que pretende incentivar a prática do esporte em regiões de poucos recursos.

Herói do Atletismo em Porto Alegre

O medalhista Cláudio Roberto de Souza foi o padrinho da etapa gaúcha do Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA. Cláudio visitou as crianças do Complexo Esportivo Barro Vermelho na tarde de quinta-feira (28) e participou de uma sessão de autógrafos neste sábado, na loja Centauro do Bourbon Shopping Country, local da entrega dos kits aos participantes da prova. Neste domingo, o ex-velocista deu a largada da prova e participou da premiação aos vencedores.

Resultados

 

Masculino

1- Edwin Kiprop Kibet (Luasa Sports/CAIXA) – 29min27

2- Justino Pedro da Silva (Cruzeiro/CAIXA) – 29min48

3- Valdir Sérgio de Oliveira (GranCursos/CAIXA) – 30min15

4- Ivanildo Pereira dos Anjos (GranCursos/CAIXA) – 30min15

5- Cosme Ancelmo de Souza (Filé e Márcia Narloch/Marinha) – 30min27

Feminino

1- Fabiana Cristine da Silva (Luasa Sports/CAIXA) – 35min19

2- Consolata Cherotich (Luasa Sports/CAIXA) – 35min28

3- Kleidiane Barbosa Jardim (Gran Cursos/CAIXA) – 35min32

4- Conceição Oliveira (CAIXA/Mizuno/Oakley/Total Nutrition/Gel GU) – 35min56

5- Fernanda Raimunda Soares (Luasa Sports/CAIXA) – 36min11

Realizado desde 2004, o Circuito CAIXA conta com a chancela da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), e passa por quatro das cinco regiões brasileiras. Depois das provas em Salvador (13/4), Uberlândia (3/5), Campo Grande (11/5), Belo Horizonte (25/5), Goiânia (8/6), Fortaleza (3/8), Recife (10/8) e Porto Alegre (31/8), a competição ainda terá etapas em Ribeirão Preto (11/10), Curitiba (19/10), Brasília (23/11) e São Paulo (30/11). As 12 corridas somam pontos para o Ranking CBAt/CAIXA de corredores de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da CAIXA para 2015.

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal e co-patrocínio da Centauro e apoio da Nutry. Em Porto Alegre, conta ainda com o apoio da Prefeitura de Porto Alegre e Água Mineral Corsan, além da supervisão técnica da Federação Gaúcha de Atletismo e CBAt.