19 de maio de 2015

Campeonato Mundial de Corrida Aérea no Japão

Yoshihide Muroya (JPN) - Action

Foto: Jason Halayko //

Paul Bonhomme leva novamente a melhor e segue na liderança do Red Bull Air Race. O brasileiro Francis Barros termina em 5o na categoria Challenger.

O britânico Paul Bonhomme vence a segunda etapa do Red Bull Air Race, que aconteceu no último domingo na cidade de Chiba, Japão. O brasileiro Francis Barros, que compete na Challenger, terminou em 5o.

Em uma etapa agitada pelos ventos do tufão Noul, que passou pelo Japão esta semana e quase cancelou a competição, o britânico soube como ninguém trabalhar nas condições adversas. Voando a menos de 25 metros de altura em uma velocidade superior a 370 quilômetros por hora, Bonhomme concluiu sua corrida em 51.052 segundos. “É um ótimo início de temporada, mas foi trabalho duro”, declarou o inglês que venceu as duas etapas da competição que aconteceram até agora e segue na liderança.

Novamente o segundo lugar fica com o australiano Mat Hall, que desta vez enfrentou uma disputa acirrada com o terceiro colocado, o alemão Matthias Dolderer, terminando apenas um segundo na sua frente. O japonês Yoshihide Muroya chegou em 8º.

Na Challenger, categoria de acesso a principal, o brasileiro Francis Barros terminou em quinto, tendo um desempenho melhor que a sua estreia em Abu Dhabi, onde foi desclassificado por voar abaixo da altura permitida. Ele segue em sexto no ranking. A vitória da categoria ficou com o checo Petr Kopfstein, que terminou com 56.584 segundos.

O Japão recebeu pela primeira vez a corrida a motor mais rápida do mundo, que levou 120 mil pessoas nos dois dias de evento na cidade de Chiba, conhecida por ser o berço da aviação civil japonesa. A próxima etapa acontece em Rovinj, na Croácia, nos dias 30 e 31 de maio.