Carlos Berlocq é o campeão do Aberto de Tênis RS

Foto: Rafael Moreira //

Na partida final, disputada no domingo, ganhou de Diego Schwartzman por 2 sets a 1.

No duelo argentino que reuniu os dois principais cabeças de chave do torneio, Carlos Berlocq conquistou o título do Aberto de Tênis do Rio Grande do Sul, apresentado pela Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer, Oi e Água Schin. Na partida decisiva, disputada no final da manhã de domingo, dia 28, na quadra central da Sogipa, em Porto Alegre, o primeiro na lista dos favoritos derrotou Diego Schwartzman, segundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/0, em duas horas e 10 minutos de partida.

O bom público que lotou as arquibancadas da quadra sogipana foi brindado com belas jogadas e um tênis de ótimo nível técnico. O primeiro set do confronto foi marcado por uma sequência de seis quebras de serviço. No total, foram sete quebras em 10 games. A série foi vencida por Berlocq por 6/4. No segundo, os jogadores voltaram a fazer um jogo equilibrado. Schwartzman quebrou no nono game para confirmar a vitória do set no game seguinte, por 6/4. Na terceira e decisiva série, Berlocq foi mais efetivo no saque e impôs seu jogo. Schwartzman chegou a salvar três match points, mas não conseguiu impedir a vitória de seu adversário.

SOB PRESSÃO

“Estou muito contente com a conquista, precisei lutar muito para chegar a esta vitória”, assegurou Carlos Berlocq, 31 anos, que já foi o número 37 no ranking mundial e atualmente ocupa a 69ª colocação. “Fazia tempo que não disputava um Challenger e jogar este torneio foi um desafio muito grande para mim. Durante toda a semana, suportei a pressão de ser o cabeça de chave 1”, comentou o campeão do Aberto gaúcho. “Os dois primeiros sets da final foram muito difíceis, mas, no terceiro, consegui subir o meu nível de jogo, especialmente no saque, o que fez a diferença”, completou. Berlocq, que conquistou 80 pontos no ranking mundial e o prêmio de US$ 5.750, volta para casa, ainda sem planos sobre qual será seu próximo torneio.

FINAIS CONSECUTIVAS

Diego Schwartzman, 22 anos e atual 88º colocado no ranking mundial, teve a sequência de nove vitórias interrompida neste domingo. Campeão do Challenger encerrado no dia 21 em Campinas, Diego disse estar contente com a campanha que realizou em Porto Alegre, apesar de ter perdido nas duas decisões que disputou, em simples e em duplas. “Todas as partidas foram muito difíceis e, com o passar dos jogos, senti um pouco mais o cansaço”, comentou o atleta, que seguiu da capital gaúcha diretamente para Cali, na Colômbia, onde disputará outro torneio. Pelo vice-campeonato, Diego somou 48 pontos e recebeu US$ 3.390.

CHALLENGER

O Aberto de Tênis do Rio Grande do Sul é um torneio da série Challenger, disputado em piso de saibro e somou pontos para o ranking mundial da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) como um torneio de US$ 40 mil em prêmios mais hospedagem. 

OS CAMPEÕES DO ABERTO DO RIO GRANDE DO SUL

  • 2012 – Simon Greul (GER)
  • 2013 – Facundo Arguello (ARG)
  • 2014 – Carlos Berlocq (ARG)