31 de agosto de 2015

Cascavel recebe corridas agitadas

262597_535569_fff_9619

Foto: Fernanda Freixosa //

Destaque para o paraibano, que foi o recordista de pontos da etapa ao vencer a primeira prova e chegar em segundo na bateria complementar.

O público presente no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR), pôde presenciar duas grandes corridas cheias de disputas, ultrapassagens e altíssimas velocidades na oitava etapa do Circuito Schin Stock Car, em que as vitórias foram divididas entre Valdeno Brito e Thiago Camilo. Ricardo Zonta e Allam Khodair terminaram a primeira prova em segundo e terceiro, respectivamente, enquanto na segunda corrida o próprio Valdeno e Ricardo Maurício completaram o pódio.

Assim, o piloto da equipe Shell Racing estabelece uma marca: é do paraibano o maior número de pontos somados em uma mesma etapa. Com a vitória (24 pontos) na primeira bateria e o segundo lugar (13) na segunda, Valdeno deixa o Oeste Paranaense somando 37 pontos – recorde que ninguém alcançou ainda na categoria, já que os dez primeiros colocados largam em ordem invertida na segunda bateria.

“É a primeira vez que alguém faz isso na Stock Car, só que tenho de dar crédito ao trabalho de todo o time. São mais de 20 funcionários que se dedicam para que o carro fique dessa forma: um carro perfeito que me deu a condição de somar tantos pontos com um primeiro e um segundo lugar. De fato, foi mais do que a gente imaginava. Deus é pai e tenho certeza que Ele deu uma mãozinha”, agradeceu o paraibano, que conquistou sua segunda vitória na temporada – a primeira havia sido em Santa Cruz do Sul (RS).

Com os dez primeiros colocados largando em ordem invertida, Diego Nunes largou da primeira posição. Ele tinha Átila Abreu ao seu lado, mas o piloto da AMG Motorsport não conseguiu sair para a volta de apresentação por um problema na bomba de combustível, e acabou não largando. Assim, Camilo saiu na segunda posição.

Foi questão de tempo para que Thiago superasse o adversário de sua ex-equipe Vogel. Diego cometeu um leve erro na saída da curva 4, abrindo a oportunidade para o três vezes vencedor da Corrida do Milhão assumir a liderança da corrida nos 3.058 metros do traçado cascavelense. Nada mal para quem ainda não está 100% recuperado do acidente de um mês atrás em Curitiba.

“A Stock Car é uma categoria extremamente competitiva, e depois da corrida de Curitiba o retrospecto ficou bastante positivo. Venci duas corridas na sequência e tanto eu como a equipe estamos em um momento muito legal. A vitória na Corrida do Milhão depois daquele acidente em Curitiba deu muita força para todos nós, sem sombra de dúvida. Ressurgimos um pouco das cinzas, e agora em Cascavel, uma pista que era uma pedra no nosso sapato há vários anos, demos a volta por cima. Agora vamos para Campo Grande e trabalhar, e só desistir na bandeirada final em Interlagos. Estamos muito motivados”, afirmou o piloto da Ipiranga-RCM, quinto colocado na tabela com 120 pontos.

Marcos Gomes fez dois sextos lugares e conseguiu ampliar um pouco a margem que o separa de Cacá Bueno, quinto nas duas. O líder do campeonato agora soma 182 pontos contra 151 do pentacampeão. Daniel Serra não pontuou e permanece com 133 pontos.

A próxima etapa do Circuito Schin Stock Car acontece em duas semanas no Autódromo Orlando Moura na cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.