26 de setembro de 2015

Centro de Atletismo recebe apoio do Brazil Run Series

264659_543088_cas4

Foto: Divulgação //

Jovens atletas da instituição serão beneficiados pela campanha Pegada do Bem, com a doação de tênis, durante passagem da competição pela cidade vizinha Ribeirão Preto, neste domingo.

Fruto de um projeto familiar, o Clube de Atletismo de Serrana vem conseguindo o que parecia impossível: superar a tradição do futebol e ser abraçado pela cidade do interior paulista, a apenas 25 km de Ribeirão Preto. O CAS foi o escolhido para receber os tênis arrecadados na campanha Pegada do Bem, durante a passagem do Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA por Ribeirão, neste domingo.

“Um dos grandes obstáculos é essa tradição do futebol e do futebol de salão em Serrana. Mas, aos poucos, o atletismo está chegando às escolas, tanto por meio dos professores do nosso projeto como pelas mãos dos educadores físicos das próprias escolas”, conta Abel Elias Rahal, idealizador do CAS. “O atletismo está mudando a educação das crianças da cidade.”

O Clube de Atletismo de Serrana foi fundado em janeiro de 2011 por Abel, professor da USP de Ribeirão Preto, com o apoio da esposa e das duas filhas, todas integrantes da equipe à frente do projeto. Dois professores de educação física atendem cerca de 60 alunos, entre 10 e 18 anos, a maioria jovens de baixa renda que veem no esporte uma ferramenta de inclusão social. O trabalho vai desde a iniciação ao atletismo até o encaminhamento para os treinos de alto rendimento.

“Eu dei aula numa escola estadual de Serrana em 1971, por isso criei esse projeto para que fosse algo da cidade como um todo. O atletismo me deu tudo o que eu tenho, como atleta, como professor. Quis devolver um pouco disso para Serrana”, conta Abel. O CAS conta com o apoio da Usina da Pedra, responsável pela reforma da pista de atletismo da cidade, hoje tida como uma das melhores pistas de pedriscos do Estado de São Paulo, e da Secretaria Municipal de Esportes de Serrana, por meio da qual foi possível comprar vários equipamentos esportivos. A CAIXA, por sua vez, auxilia na inscrição dos jovens atletas em competições.

O CAS também formou um convênio com o Centro de Atletismo de Sertãozinho, cidade de Maria Zeferina Baldaia, e transfere para lá os atletas mais promissores. “Hoje temos dois alunos morando e treinando lá, um menino e uma menina. E estamos preparando mais três para o próximo ano”, destaca Abel.

Retribuição

Para o professor, os tênis arrecadados na campanha Pegada do Bem chegarão em boa hora. “Temos muitas meninos competindo descalços, e a pista de atletismo, de pedriscos, tem muitas pedrinhas. Vários também treinam com tênis de tamanhos diferentes dos seus pés”, reforça. “Estarei presente durante a doação dos sapatos, e quero agradecer e pegar os contatos de cada um dos doadores. Depois, ao fazer a entrega às crianças, vou tirar fotos e enviar a eles, para que vejam a quem os seus tênis estão ajudando.”