22 de julho de 2016

Ciclistas Shimano conquistam Campeonato Brasileiro de MTB

288948_622473_raiza_goulao___thiago_lemos_cbc

Foto: Thiago Lemos //

Raiza Goulão, Karen Olimpio, Mario Couto e Bruna Elias subiram no lugar mais alto do pódio na competição em Juiz de Fora (MG).

O último fim de semana foi de comemoração para os ciclistas do Shimano Sports Team. Quatro atletas conquistaram os títulos em suas categorias: Raiza Goulão (Specialized Racing BR) na elite, Karen Olimpio (Isapa/Oggi/Shimano) na sub-23, Mario Couto (LM/Sense de MTB) na júnior e Bruna Elias (Specialized Racing BR) na juvenil. Outros três se destacaram com um lugar no pódio. Enquanto Isabella Lacerda (LM/Sense de MTB) e Luiz Renato Borges (Isapa/Oggi/Shimano) foram vice-campeões elite e júnior, respectivamente, Sherman Trezza (Caloi Elite Team) foi o terceiro colocado na elite.

Na elite feminina, Raiza Goulão liderou do começo ao fim e cruzou a linha de chegada em 1h26min09. Isabella Lacerda concluiu a prova em 1h31min49 e Letícia Soares ficou com o bronze, em 1h34min52. “Larguei com a responsabilidade de defender o título por ser a atual campeã. Assim, busquei desde o início imprimir um ritmo forte e, aos poucos, fui abrindo vantagem para conquistar o bicampeonato com pouco mais de cinco minutos na frente da vice-campeã”, destacou Raiza.

“Chegar à Rio 2016 com a camisa de campeã nacional vai me motivar ainda mais na busca por um excelente resultado para meu País. Vou lutar muito para representar o Brasil da melhor forma possível na Olimpíada”, completou Raiza, que antes de fazer sua estreia, dia 20 de agosto, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, disputa ainda a etapa do Canadá da Copa do Mundo, dia 7 do mesmo mês, em Mont Sainte-Anne.

Principal concorrente de Raiza na briga pelo título brasileiro em Juiz de Fora, Isabella Lacerda avaliou o vice-campeonato brasileiro. “Estou, realmente, muito feliz com o resultado. Voltar a me sentir bem chegou a ser, em certo ponto da temporada, algo que eu pensei que não conseguiria mais. Fiz tudo que eu pude dentro da pista, dei o meu máximo e lutei até o final para estar no pódio em mais um ano e deu certo”, contou Isabella, campeã brasileira em 2014.

No masculino, o melhor resultado entre os atletas Shimano foi obtido por Sherman Trezza, que completou em 1h28min50. Sherman ficou 20 segundos atrás do vice-campeão, Rubinho Valeriano, e 1min21 do bicampeão brasileiro, Henrique Avancini. “Na minha avaliação, o resultado foi positivo. Consegui ir bem na prova e impus um bom ritmo o tempo todo. Na última volta, eu estava exausto e perdi a disputa pelo vice, mas estou feliz porque fiz meu melhor. Tive dois meses de treino para o Brasileiro, após a segunda etapa da CIMTB, trabalhei muito e estou satisfeito com meu desempenho”, avaliou Trezza.

Outros seis atletas Shimano completaram as disputas na elite. Entre os homens, Luiz Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano) e Daniel Grossi (Groove/Shimano) se destacaram terminando na quarta e quinta colocações, respectivamente. Guilherme Muller (LM/Sense de MTB) foi o sétimo, Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) o oitavo e Wolfgang Soares (Caloi Elite Team) concluiu em 13º. Já no feminino, Sofia Subtil (Audax/Shimano) fez sua estreia na principal categoria do Campeonato Brasileiro e terminou em quarto lugar.