26 de maio de 2015

Duplas conquistaram o ouro na etapa de Chapecó

253646_503615_dscn2138

Foto:Renan Rodrigues //

Duas duplas recém formadas foram ao lugar mais alto do pódio na etapa de Chapecó (SC) do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Challenger.

Val/Josi (RJ/SC) e Luciano/Léo Vieira (ES/DF) venceram seus jogos pelas semifinais e finais neste domingo (24.05), e subiram ao lugar mais alto do pódio. As partidas foram realizadas no estacionamento do Shopping Pátio Chapecó e nem mesmo a chuva que caiu durante toda a manhã afugentou a torcida local.

A decisão feminina contou com três atletas ‘da casa’. Val e Josi (RJ/SC) venceram na grande final Andréa Teixeira e Leize (SC) por 2 sets a 0 (21/16, 22/20), em 37 minutos de partida. Na disputa do bronze, Naiana e Andrezza levaram a melhor e venceram por 2 sets a 0 (21/17, 21/13), em 34 minutos, completando o pódio feminino da etapa.

Foi apenas a primeira competição da catarinense Josi ao lado da carioca Val. Elas conseguiram um entrosamento rápido e comemoraram a conquista da primeira de quatro etapas.

“A felicidade é muito grande por termos sentido ao longo do torneio esse entrosamento tão bom dentro de casa. Sabíamos que talvez os resultados positivos levassem algum tempo, mas nos sentimos muito confortáveis, o entendimento de jogo, mesmo em sinais, conversas, foi muito grande. E poder coroar tudo com um título perto da minha família, dos meus amigos, é incrível, muito especial. Tenho vários familiares e pude vencer na frente deles”, disse Josi.

“A Josi veio de uma temporada muito boa, é uma guerreira e não desiste. Temos essa coisa em comum, vamos lutar sempre, até o final. E foi mais legal ainda porque ela já morou aqui, estava junto de pessoas queridas. Vamos treinar forte, pois temos objetivos grandes”, disse Val.

Antes, ainda pelas semifinais na manhã de domingo, Val e Josi (RJ/SC) haviam derrotado Andrezza/Naiana (CE/AM) por 2 sets a 0 (21/16, 21/15), em 35 minutos. Já Andréa Teixeira e Leize (SC) tinham eliminado Izabel/Camila (PA/RJ) também por 2 sets a 0 (21/16, 21/19), também em 35 minutos.

Já no torneio feminino, duas duplas recém formadas. Uma pensando a longo prazo, com Luciano e Léo Vieira (ES/DF). Outra, em cima da hora, já que o parceiro usual de Daniel Souza (RJ) não conseguiu participar do torneio. Fábio Luiz sentiu um problema muscular e foi substituído em cima da hora por Fábio Guerra, o experiente atleta de 41 anos. Na decisão, melhor para Luciano e Léo, que venceram por 2 sets a 0 (27/25, 21/15), em 38 minutos.

“Gostaríamos de agradecer a todos os torcedores, que encararam o frio, a chuva e torceram até o final. Parece pouco, mas faz muita diferença ter a torcida apoiando, assistindo. Só temos motivos para comemorar hoje. Nos juntamos no começo desse ano, é apenas nosso quarto torneio e conseguimos esse título. Vamos trabalhar para que seja o primeiro de muitos”, destacou Luciano após a grande final.

Luciano e Léo Vieira chegaram à final após, nas semifinais, eliminarem Oscar e Thiago por 2 sets a 0 (21/19, 23/21). Na outra semifinal, Daniel Souza e Fábio Guerra (RJ) triunfaram contra Richards/Ralph (MG/RJ) também por 2 sets a 0 (25/23, 21/19). Na disputa da medalha de bronze, vitória de Oscar e Thiago (RJ/SC) sobre Richards e Ralph (MG/RJ) por 2 sets a 0 (21/15, 18/21, 15/17), em 52 minutos.

A temporada 2015 do Challenger contará com quatro etapas. Após o torneio realizado em Chapecó (SC), Campo Grande sediará (MS) o torneio de 10 a 13 de junho. Na terceira etapa, Vitória (ES) será a sede de 2 a 5 de julho. O encerramento da competição será em Cabo Frio (RJ), de 23 a 26 de julho. Os campeões de cada etapa recebem uma premiação de R$ 13,7 mil e 400 pontos no ranking que define o campeão da temporada.