15 de novembro de 2015

Equipe Green Piracicaba lutando por título

269323_557546_261557_532283_257593_518222_254249_506135_equipeshimano

Foto: Divulgação //

Terceira e última etapa da competição de ciclismo de estrada será realizada domingo, em Botucatu (SP). Equipe Green Piracicaba/Shimano lidera a disputa.

A Shimano será responsável pelo serviço de suporte neutro da terceira e última etapa da Copa América de Ciclismo, que será realizada neste domingo, em Botucatu, no interior paulista. A marca japonesa ainda será representada na pista, pela Green Piracicaba/Shimano, líder e favorita ao título na disputa entre equipes.

Reconhecido internacionalmente por sua excelência, o Suporte Neutro Shimano contará com seis pessoas (três mecânicos e três motoristas), divididas em três carros equipados com rodas, peças de reposição e bicicletas reservas para dar atendimento aos ciclistas que estiverem em necessidade na prova. Os carros neutros da Shimano cobrirão todo o percurso de 10,61 km.

“A participação do nosso Suporte Neutro Shimano na Copa América faz parte do objetivo de ampliar cada vez mais nossa expertise neste trabalho altamente técnico em competições de ciclismo de estrada. Quanto mais experiência tivermos em provas de ciclismo de alto nível, melhor”, afirma Mateus Ferraz, responsável pelo Suporte Neutro Shimano na prova.

Na elite masculina, cujo trajeto terá 10 voltas – totalizando 106,1 km de prova -, a equipe Green Piracicaba será formada por cinco ciclistas para buscar o título: Eriberto Medeiros, Rodrigo Melo, Glauber Nascimento, Erick Pinheiro e Alessandro Guimarães. Todas as bicicletas da Green são equipadas com o grupo Ultegra e rodas da Shimano.

As duas primeiras etapas da Copa América de Ciclismo foram realizadas em São Paulo (Cidade Universitária) e em Brasília (Esplanada dos Ministérios), respectivamente.

Palco da decisão, o Parque Municipal de Botucatu reunirá profissionais e amadores nas categorias elite masculina, open, MTB e handcycle. A disputa da elite contará pontos para o ranking da UCI (União Ciclística Internacional) e terá participação das melhores equipes do Brasil e de atletas estrangeiros.