28 de outubro de 2014

Equipe Niner/Shimano conquista Brasil Ride

Brasil Ride 2014

Foto: PedroCury.com //

Dupla formada por Mateus Ferraz e Ivonne Kraft confirmou o favoritismo na Ultramaratona de Mountain Bike. Isabella Lacerda é destaque do Shimano Sports Team com o vice na feminina e o título das Américas.

Os ciclistas da equipe Niner/Shimano, o piracicabano Mateus Ferraz e a alemã Ivonne Kraft, confirmaram neste fim de semana a hegemonia na categoria mista da Ultramaratona Brasil Ride. No quarto ano em que disputam juntos a competição, a dupla conquistou o tetracampeonato da prova, realizada na Chapada Diamantina, na Bahia, nos municípios de Mucugê e Rio de Contas. Entre os demais atletas Shimano, destaque para Isabella Lacerda (LM/Shimano) que foi vice-campeã no feminino, conquistando ainda com sua parceira, Erika Gramiscelli, a camisa de líder das Américas na categoria.

Mateus e Ivonne conquistaram o tetra ao vencerem quatro das sete etapas realizadas na Chapada Diamantina, pedalarem cerca de 600 km e percorrer trilhas que somaram quase 13 mil metros de subidas acumuladas. Com o tempo de 32h43min25, os atletas da Niner/Shimano completaram o desafio 20 minutos à frente dos segundos colocados, os italianos Annabella Stropparo e Piero Pellegrini, que triunfaram nos outros três estágios.

“Finalizamos mais um Brasil Ride e como sempre foi uma competição muito dura, em que precisamos saber trabalhar bem e ter muita paciência para levar os sete dias em harmonia com o parceiro de equipe. É difícil chegar no final sem se estressar, então conseguimos acabar bem com mais esse título”, comemorou Mateus Ferraz, funcionário da Shimano Latino America, com sede em São Paulo.

“A úlima etapa é sempre a mais perigosa, porque estamos no nosso limite, bem desgastados, por isso é preciso calma para não errar. Levamos bem, não ganhamos nesse último dia, mas garantimos a vitória e mais um título. Estou muito feliz. Agradeço muito a todos patrocinadores, principalmente Shimano, Niner e Free Force, e toda a galera que estava torcendo. Deixo também um agradecimento especial ao pessoal do Suporte Neutro Shimano, os ‘Blue Angels’, eles foram muito importantes para nós aqui”, complementou Mateus.

Entre as mulheres, Isabella Lacerda e Erika Gramiscelli não iniciaram bem a competição, mas foram recuperando posições ao longo da semana. No final, encerraram o Brasil Ride vencendo a última etapa e levaram para casa a camisa de líder das Américas na categoria, além do vice-campeonato no geral, após ultrapassarem a dupla que ficou em terceiro lugar, formada por Celina Carpinteiro e Isabel Caetano, tirando mais de 30 minutos nas duas últimas fases.

O título da categoria ficou com Sonya Looney e Nina Baum, que completaram os sete dias em 34h03min44. “O Brasil Ride foi uma experiência muito boa e totalmente diferente do que estou acostumada, que são as provas de Cross Country. Estou muito feliz com o resultado. Largamos para tentar tirar a diferença em relação às segundas colocadas e além de conseguir ultrapassá-las, fomos as vencedoras na etapa de forma até surpreendente”, vibrou Isabella Lacerda. “Foi uma experiência única. A satisfação foi enorme. Estou muito feliz e só tenho a agradecer por todos que nos ajudaram”, concluiu.

Demais resultados do Shimano Sports Team – Além de Mateus e Isabella, outros três ciclistas Shimano também conquistaram a meta de completar o desafio em seus quase 600 km na Chapada Diamantina. Competindo pela equipe internacional da Trek, ao lado do espanhol Sergio Manteco, o catarinense Ricardo Pscheidt encerrou a prova em 11º, tendo conquistado a vitória na etapa inicial e a segunda colocação na última fase. Os mineiros Marcelo Cândido e Guilherme Muller, ambos da LM/Shimano, também foram bem e concluíram a disputa na 14ª colocação.