7 de janeiro de 2016

Eugenie Bouchard disputa o Rio Open

2015 French Open - Day Three

Foto: Julian Finney //

Canadense será a grande estrela da terceira edição do torneio.

O Rio Open apresentado pela Claro, com organização da IMM, confirmou na última terça-feira, a lista completa de tenistas que disputarão a terceira edição do evento, com uma grande novidade: a presença da estrela da WTA, a canadense Eugenie Bouchard. O maior torneio de tênis da América do Sul, o único na região a reunir uma disputa simultânea de um ATP e um WTA, acontece de 15 a 21, no Jockey Club Brasileiro.

Vice-campeã de Wimbledon e semifinalista de Roland Garros e do Australian Open em 2014, mesmo ano em que alcançou a histórica posição de número 5 do ranking mundial, com apenas 19 anos, Bouchard é a maior estrela da nova geração na WTA. Com jogo, atitude de campeã e não apenas looks comparados ao de Maria Sharapova, ela quer continuar a rivalizar com as tops e busca retomar o caminho do top 10 no Rio Open, onde atuará pela primeira vez. Ela tem um título na carreira, conquistado em Nuremberg, também na melhor temporada que já fez, em 2014. Os vice-campeonatos são três: Wimbledon, Wuhan e Osaka.

“A gente vem tentando trazer uma tenista deste calibre desde a primeira edição do Rio Open e agora conseguimos. A Bouchard é o futuro do tênis, joga um tênis de primeiríssimo nível, é nova e com certeza o público verá novamente ela chegando nas finais de Grand Slam. É uma oportunidade única,” comentou o Diretor do Torneio, Luiz Procopio Carvalho.

Atual 49a. colocada no ranking mundial, depois de ter passado alguns meses afastada das quadras se recuperando de lesões no ano passado, Bouchard será provisoriamente a cabeça-de-chave número 2 do Rio Open. A número um será a brasileira Teliana Pereira, 46a. na WTA. “Vai ser muito legal também ver o público interagir e torcer pela Teliana. Há mais de 20 anos não tínhamos uma brasileira entre as top 50 e agora ela tem a possibilidade de chegar no Rio Open como cabeça-de-chave número. Ela tem ótimas experiências de 2014, é uma guerreira que sabe jogar com o publico e irá impulsionar as outras tenistas do Brasil.”

Outro grande nome para a edição 2016 do Rio Open será a italiana Francesca Schiavone. Apesar de não estar entre as top 100 – 114a – ela foi campeã de Roland Garros em 2010 e é uma das jogadoras mais talentosas e criativas do circuito. Tem 6 títulos de WTA e 11 finais, incluindo outra decisão de Roland Garros, a de 2011, ano em que chegou à 4a. posição no ranking mundial.

No total, serão 11 tenistas entre as top 100 e jogadoras de 15 nacionalidades. Karin Knapp (ITA), 51ª. Johanna Larsson (SWE), 56a, Danka Kovinic (MNE), 57a, Christina McHale (USA), 63ª., Polona Hercog (SLO)73ª, Tatjana Maria (GER) 74a., são as oito favoritas ao título, ao lado de Bouchard e Pereira.

Completam a lista Andrea Mitu (ROU), Loudres Dominguez Lino (SPA), Anna Tatishvili (USA), Pauline Parmentier (FRA), Romina Oprandi (SWI), Julia Glushko (ISR), Francesca Schiavone (ITA), Maria Teresa Torro Flor (SPA), Sachia Vickery (USA), Rebecca Peterson (SWE), Marina Erakovic (NZL) e Veronica Cepede Royg (PAR)