26 de novembro de 2013

Fabiana Murer no Mundial Indoor

209332_364940_mlm_8610_a

Foto: Agência Luz/BM&FBOVESPA

Saltadora com vara do Clube BM&FBOVESPA vai caprichar na preparação para voar alto em Sopot, em março, e disputar ao menos 5 competições em pista coberta, a partir de fevereiro.

Os treinos ainda estão no começo, mas Fabiana Murer já tem bem claro o principal objetivo para a próxima temporada: a conquista de uma medalha no salto com vara no Mundial Indoor de Sopot, na Polônia, de 7 a 9 de março. “Comecei a treinar na primeira semana de outubro e esse início da preparação física e técnica é bem difícil. Levei mais de um mês para começar a saltar e ainda tenho muito trabalho pela frente. Mesmo assim, estou gostando bastante dos meus treinos, tentando melhorar alguns pontos no salto para buscar bons resultados em 2014″, conta a saltadora do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA.

Em 2012, ano olímpico, Fabiana, campeã mundial indoor em Doha/2010, abriu mão da temporada em pista coberta e do Mundial de Istambul para se concentrar nas disputas ao ar livre e nos Jogos de Londres. Desta vez, quer caprichar na preparação para Sopot. “Vou fazer umas cinco ou seis competições indoor antes do Mundial. Ainda não fechei esse calendário, mas já sei que algumas competições que eu gostaria de fazer serão na mesma data, como Donetsk e Birmingham. Vou ter de escolher”, diz Fabiana, que deve começar a saltar na Europa no início de fevereiro.

Fabiana já tem índice para competir em Sopot – para a IAAF, valem os resultados obtidos pelos atletas de janeiro de 2013 a 24 de fevereiro de 2014. “No salto com vara feminino, a marca é 4,71 m e eu tenho 4,73 m do Troféu Brasil. É um índice bem forte porque, dessa vez, não vai ter qualificação no Mundial, vai ser final direto, o que é uma novidade. Acho que nove atletas, no máximo, vão conseguir esse índice e a organização vai ter de convidar algumas saltadoras para completar as 12 que disputam a prova.”

Encerrados a temporada indoor e o Mundial, o foco passa para as competições ao ar livre. “Vou dar prioridade à Diamond League e competir em lugares que eu sei que são bons para o salto com vara. Assim, já vou me preparando para saltar bem no Troféu Brasil, no segundo semestre. Também tem o Sul-Americano, em março, logo depois do Mundial, e aí já poderia aproveitar a preparação para Sopot… Mas ainda não decidi o que vou fazer na temporada em pista aberta. Primeiro, estou pensando na temporada indoor”, conclui Fabiana.

O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, que completou dez anos em 2012, tem parceria com Pão de Açúcar, CAIXA, Prefeitura de São Caetano e Nike.

Mais informações: www.clubedeatletismo.com.br e www.clubedeatletismo.org.br