6 de abril de 2015

Final do I Mundial de Beach Tennis de Torres

t222

Foto: Cleon Medeiros // Texto: Luiza Borges //

O italiano número 1 do mundo leva dois prêmios.

A dupla Alessandro Calbucci e Luca Cramarossa levou a melhor na grande final do I Mundial de Beach Tennis RS Cup G1. Em disputa acirrada, os italianos bateram os brasileiros, Marcus Ferreira e Thales Santos, pelo placar de 6/3 no terceiro set. No feminino, a dupla formada pela alemã, Maraike Biglmaier, e pela venezuelana, Patrícia Diaz, venceu a dupla de brasileiras Joana Cortez e Flávia Muniz por 6/2 no terceiro set. Na mista pró, quem subiu ao pódio levando o primeiro lugar foi a dupla Alessandro Calbucci (Italia) e Patrícia Dias (Venezuela). O italiano Calbucci é o número um no ranking mundial, pela ITF (International Tennis Federation).

A participação de jogadores superou as expectativas da organização. Foram mais de 400 inscrições. ” O evento superou as nossas expectativas com a participação de atletas renomados internacionalmente”, avalia o sócio-diretor da Uplim Produtora de Eventos e Projetos Especiais, Lucas Casagrande, responsável pela produção do evento.

A prefeita de Torres, Nilvia Pinto Pereira, marcou presença na abertura oficial do torneio, elogiou a estrutura e salientou o apoio da Prefeitura para próximos eventos esportivos. “O I Mundial de Beach Tennis movimentou a cidade, tanto na economia quanto no turismo. Com certeza, o evento entrou para a agenda oficial de Torres”, afirma.

A batalha pelas quadras envolveu mais de seis nacionalidades diferentes. Além de atletas brasileiros, a forte presença dos craques da Itália, Argentina, Rússia, Portugal e Venezuela mostraram seus talentos nas areias do litoral norte gaúcho.

Para manter a disposição nos três dias de competição, os atletas ganharam um espaço especial, onde receberam tratamento de acadêmicos de fisioterapia da Ulbra de Torres, supervisionados pelo fisioterapeuta e professor, Tiago Sebastiá Pavão. “Além de ajudarmos no rendimento e recuperação dos atletas, é uma excelente oportunidade para os alunos vivenciarem a fisioterapia desportiva”, afirma Pavão.

O Beach Tennis caiu nas graças do público que compareceu na Praia Grande. A quadra destinada a aulas do esporte, ministradas pelo professor de Educação Física da Associação Brasileira dos Esportes de Praia (ABEP), Rodrigo Lazzari, chegava a formar fila.