19 de maio de 2015

Flamenguista é campeão da Corrida das Torcidas

51D512D2384D4B3

Foto: Claudios Toros //

Lagoa Rodrigo de Freitas recebeu mais de dois mil corredores, na noite deste sábado, 16, para uma grande celebração de futebol e corrida.

O Rio de Janeiro viveu neste fim de semana a união de duas paixões dos brasileiros: corrida de rua e futebol. A segunda edição noturna da Corrida das Torcidas CAIXA foi considerada sucesso total, com mais de dois mil “torcedores – corredores” na prova de 7,5 km. Os participantes largaram no Parque dos patins, às 20h, e deram uma volta completa em um dos pontos mais adorados da zonal sul carioca. O flamenguista Adair José dos Santos foi o campeão no masculino com o tempo de 23min25s. A mineira Juliana de Souza homenageou a equipe do Botafogo terminando a prova em 29min43s . Antes da largada, um robô de Led animou os corredores e o público que acompanhava o evento.

“Foi muito bom disputar com o incentivo de outros torcedores, isso motiva a gente a correr mais ainda mais. Durante a prova eu fiquei pensando no pódio e na torcida do mengão. Sem dúvida, quero dedicar essa vitória aos rubro-negros”, comemorou Adair José.

O segundo lugar no masculino ficou com o representante do Vasco, Clodoaldo Azevedo Ferreira. Ele fez o percurso em 23min39s. Fabiano Moura dos Santos, torcedor do Fluminense, terminou em 24min19s. O Botafogo garantiu o primeiro lugar no pódio feminino com a vitória de Juliana de Souza (29min43s). A flamenguista Maria de Lourdes da Silva ficou com a segunda colocação (29min49s). Katia Lourenço Pinto de Almeida, que também torce para o Flamengo, terminou em terceiro (30min01s).

“Essa é a segunda edição da prova na Lagoa. A primeira vez eu também tive a felicidade de ganhar. Correr aqui é muito bom pra cabeça da gente, por ser na Lagoa e por ser de noite. O tema torcidas dá um clima de festa e de união. Isso aqui é um exemplo de que as torcidas podem competir, mas ao mesmo tempo conviverem como amigos. é uma prova bem diferenciada”, finaliza a campeã.

Os “torcedores-corredores” escolheram o time que representam no ato da inscrição. Mais de 25 clubes foram escolhidos pelos participantes, incluindo os quatro grandes do Rio e equipes como America, Bangu, Atlético Mineiro, Cruzeiro, Corinthians, Treze, Vitória, Ceará e outros grandes clubes do país. O Flamengo foi o vencedor pela quinta vez em número de inscritos. A equipe carioca também recebeu troféu por ter o melhor índice técnico (soma do tempo dos 10 primeiros colocados).

Cicero Antônio damasceno, de 53 anos, representou o Ceará vestindo a camisa da equipe nordestina. Além de homenagear o time cearense, ele fez questão de comer rapadura e ainda correu com a bandeira do Brasil.

“Sou de Santa Quitéria, cresci na fazenda. Vim para o Rio em 1978 mas foi no Ceará que eu aprendi a correr. Eu corria atrás de cabrito, mas hoje amo as provas de rua”, finaliza o participante.