Gideoni Monteiro finaliza Pan-Americano de Pista

Foto: Richard Lyder //

Edição 2017 do principal evento da modalidade no continente foi disputada no Velódromo Nacional de Couva, em Trinidad e Tobago.

O ciclista Gideoni Monteiro, da equipe Indaiatuba/HTPro Nutrition/Shimano, disputou, no último fim de semana, o Campeonato Pan-Americano de Ciclismo de Pista em Trinidad e Tobago. Gidi – como é conhecido – ficou muito próximo de garantir um lugar no pódio da omnium, encerrando sua participação na quarta colocação no Velódromo Nacional de Couva. O título ficou com o mexicano Ignácio Prado, seguido pelo argentino Tomas Contte e o chileno Elias Tello.

“Acredito que o Pan-Americano de Trinidad e Tobago foi um grande teste para toda preparação que fizemos no primeiro semestre. Agora é fazer os ajustes necessários, continuar treinando firme e seguir confiante para os próximos objetivos da temporada. Aproveito para agradecer minha família e aos que torceram por mim”, declarou Gideoni.

“Também não posso esquecer de deixar meus agradecimentos aos meus patrocinadores, a HTPro Nutrition e a Shimano, além da prefeitura de Indaiatuba e também da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Todos são muito importantes nesta minha fase da carreira”, concluiu o ciclista, que completou 28 anos no último sábado.

Após a Rio 2016, a omnium passou por uma alteração no formato e conta agora com quatro corridas em um único dia. Antes, eram seis disputas, divididas em duas datas. As provas que integram a omnium são: scratch, tempo race (10km), eliminação e prova por pontos, esta última com um total de 120 voltas no Pan-Americano de Couva.

No scratch, Gideoni ficou na segunda colocação, e, na tempo race, finalizou em quarto lugar. Na classificação geral, Gidi se manteve na segunda posição até a terceira e penúltima corrida do dia. Na eliminação, o atleta do HTPro Team fez uma apresentação impecável e terminou na primeira colocação, assumindo a liderança parcial, empatado com Tomas Contte, ambos com 112 pontos. A definição das medalhas da omnium veio na corrida por pontos, onde Gidi acabou perdendo algumas colocações e terminou na quarta posição.