Guido Pella ganha 17 posições no ranking mundial

Foto: Rafael Moreira //

Guido Pella é o número 77 do circuito. O paulista Pedro Sakamoto subiu 34 colocações.

A conquista do título do Aberto de Tênis do Rio Grande do Sul, torneio da série Challenger, encerrado no útimo domingo, na Sogipa, fez com que o argentino Guido Pella, 25 anos, subisse 17 posições no ranking mundial da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP). Guido, que chegou à capital gaúcha, como o 94º colocado, aparece em 77º na classificação divulgada na segunda-feira. O vice-campeão, o argentino Diego Schwartzman, também melhorou, passando a ocupar o 72º lugar, cinco degraus acima da posição anterior.

Entre os tenistas brasileiros, os paulistas Rogério Dutra Silva e Pedro Sakamoto se destacaram no sobe-e-desce do circuito. Rogério, que chegou às quartas de final do Challenger gaúcho, somou 15 pontos, ganhando nove posições e passando a figurar em 155º lugar. Sakamoto, saído do qualifying, disputou as duas primeiras rodadas da chave principal. Como consequência, saltou 34 posições, passando para a colocação de número 496.

Campeonato

Esta foi a quarta edição consecutiva do Aberto de Tênis do Rio Grande do Sul, torneio da série Challenger da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP). A premiação total somou US$ 40 mil. O campeão da chave de simples recebeu o prêmio de US$ 5.750 e 80 pontos no ranking mundial. Já o vice-campeão ganhou US$ 3.390 e 48 pontos.