Ilha Anchieta é contornada a nado pela primeira vez

Fotos: Romulo Cruz //

Samir Barel, Marcos Campos e Raul Porto são os primeiros atletas a concluir o percurso de 25 quilômetros.

Pioneiros! Samir Barel, Marcos Campos e Raul Porto fizeram história no último sábado. O trio, que faz parte dos Desafios Aquaman, foi o primeiro da natação a contornar nadando a Ilha Anchieta, segunda maior ilha do Estado de São Paulo, localizada em Ubatuba (SP). Foram 25 quilômetros percorridos em um trajeto até então desconhecido para aqueles que já estão acostumados com as águas abertas.

“Na parte de fora da ilha, a correnteza estava batendo bastante e isso exigiu um pouco mais do físico. Além disso, me preparei para vento, chuva, entre outros, só não contava com o frio da maré. Cheguei aqui batendo o queixo”, afirmou Marcos Campos, que destacou principalmente o apoio e o companheirismo dos colegas para concluir a façanha inédita. “O mais bacana foi ter curtido esse clima entre amigos. Motiva muito”.

O feito no litoral norte paulista faz parte de uma série de travessias em ilhas e lugares inexplorados programadas por Samir Barel e Marcos Campos ao redor do Brasil, intituladas Desafios Aquaman. A ideia é fazer com que as histórias de sucesso ajudem a divulgar a maratona aquática, mostrando para as pessoas as diversas oportunidades que a modalidade proporciona.

“Diferente de uma competição, a ideia é realmente compartilhar essa conquista pessoal de superar os desafios, independente de qual seja. Um dos benefícios da maratona aquática é justamente mostrar para as pessoas exemplos de persistência, disciplina e planejamento, adjetivos fundamentais para o sucesso em qualquer área de nossas vidas”, destacou Samir Barel, top 10 do ranking mundial em provas acima de 15k.

Raul Porto também ressaltou a preparação que envolveu todo desafio. “Além do treino físico, estudamos todo o percurso e as principais variáveis. Também precisamos destacar o trabalho e apoio da equipe, seja de terra ou no mar, que foram essenciais para criar condições de realizar o desafio”, afirmou o atleta de 48 anos.