Melo conquista primeira vitória no US Open

Foto: Divulgação //

Na estreia no Grand Slam, em Nova Iorque, ele e Kubot derrotaram Guillermo Duran e Neal Skupski para garantir vaga na segunda rodada.

A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot confirmou seu favoritismo e venceu o argentino Guillermo Duran e o inglês Neal Skupski nesta quinta-feira, avançando para a segunda rodada do US Open. Foi a primeira vitória de um tenista brasileiro nesta edição do Grand Slam, em Nova Iorque (EUA). Melo e Kubot, cabeças de chave número 2, ganharam por 2 sets a 1, parciais de 6/3, 3/6 e 6/3, em 1h54min. Agora enfrentarão os franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin.

No primeiro set, sacando muito bem, Melo e Kubot conseguiram uma quebra no sexto game, para abrir 4/2 e manter o domínio da série para fazer 6/3. Mas, veio o segundo set e a dupla acabou deixando escapar a chance de fechar a partida. Duran e Skupski quebraram o serviço de Kubot para marcar 3/1 e, sem novos breaks, empataram em 6/3. Assim, a definição ficou para a terceira e decisiva série.

Para garantir a vitória, Melo e Kubot tiveram de superar dois difíceis momentos no terceiro set. Primeiro, quando os adversários chegaram a ter três break points, no terceiro game. Eles reagiram e confirmaram o serviço para fazer 2/1 para, na sequência, abrir 3/1, quebrando o saque de Duran. Segundo, quando Duran e Skupski devolveram o break para encostar em 4/3. Porém, mostrando muita confiança e sem dar chances aos adversários, foi a vez da dupla Melo e Kubot quebrar logo em seguida, fazer 5/3 e definir em 6/3.

“Tivemos altos e baixos, mas é um pouco normal, até entrar e pegar o ritmo. Demoramos um pouquinho, mas o importante foi terminar jogando bem, da maneira como atuamos no terceiro set. Tivemos a vantagem, acabamos perdendo, mas ficamos firmes para logo depois já quebrar e fechar o jogo. Então isso foi importante. Agora é corrigir alguns erros dessa primeira rodada para ir em busca de mais uma vitória”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.