11 de agosto de 2017

Melo e Kubot são derrotados em Montreal

318658_721918_washington2

Foto: Divulgação //

Agora, a dupla volta suas atenções para Cincinnati, nos Estados Unidos, onde joga na próxima semana.

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão fora do Coupe Rogers, o Masters 1000 de Montreal, no Canadá. Eles foram derrotados nesta quinta-feira, na estreia, pelos franceses Fabrice Martin e Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/2, em 1h09min. Foi o segundo de uma série de três torneios em piso duro que a dupla disputa como preparação para o US Open. Assim, na próxima semana, Melo e Kubot voltam à quadra em mais um Masters 1000, desta vez em Cincinnati, nos Estados Unidos.

Cabeças de chave dois em Montreal, a dupla entrou direto na segunda rodada e não conseguiu repetir as grandes atuações das últimas semanas, quando comemorou três títulos seguidos – entre os quais Wimbledon – e um vice-campeonato.

No primeiro set, após duas quebras dos adversários – no terceiro e no sétimo games -, Melo e Kubot devolveram um dos breaks para fazer 5/3 e tiveram a chance de empatar a partida, em 5/5, mas Martin e Vasselin reagiram, saindo de uma desvantagem de 15/40 para fazer 6/4 e vencer a primeira série.

No segundo set, mais uma vez a dupla adversária quebrou no terceiro e no sétimo games e, sacando muito bem, não permitiu reação de Melo e Kubot, dominando a série e fechando em 6/2 para garantir lugar nas quartas de final.

“Não conseguimos repetir o nosso jogo. Eles começaram com uma quebra e tivemos até uma chance de voltar, com 15/40 no 5/4, mas sacaram muito bem, dominaram o jogo inteiro. Realmente não foi um dos nossos melhores dias”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

“Agora é treinar novamente e ir para Cincinnati, nosso próximo destino. Isso mostra o quanto o jogo de duplas é decidido nos detalhes e é competitivo. Toda semana um torneio duríssimo pela frente. Temos de estar preparados para isso. Mais uma chance de ver o que podemos melhorar ainda mais para seguir firme nas próximas semanas”, completou.