Raiza Goulão e Luiz Cocuzzi faturam o MTB Short Track

Foto: Filipe Mota //

O quarto e último dia do Shimano reuniu os melhores atletas do Brasil no Jockey Club de São Paulo.

Na manhã do domingo, o público conheceu os campeões do MTB Short Track, com os títulos de Raiza Goulão (Primaflor/Mondraker/Rotor) e Luiz Cocuzzi (Lar/Scott), atuais campeões brasileiros de cross country olímpico (XCO).

A disputa da elite masculina encerrou com chave de ouro o Bike Competition, no fim da tarde. Sorte do público, que pode ver em ação uma disputa de alto nível na pista de 1,1 km construída no Jockey Club de São Paulo. Luiz Cocuzzi venceu a corrida após escapar do pelotão apenas nos 300 metros finais. Rubinho Valeriano foi o vice-campeão, seguido de seu companheiro de equipe, Guilherme Muller, Sherman Trezza e José Gabriel Marques.

“Essa corrida do MTB Short Track no Shimano Fest é sempre muito difícil, porque é disputada o tempo inteiro. Tivemos seis atletas juntos em grande parte dos mais de 30 minutos de prova, sempre muito rápidos. Defini minha estratégia de atacar apenas na última volta e deu certo. Estou muito feliz com o resultado. Não tem preço ganhar com tanto apoio da torcida, que nos ajuda demais. O clima é especial competindo em casa”, comemorou o paulistano Cocuzzi.

Mais experiente do pelotão da frente, Rubinho Valeriano destacou os momentos decisivos da prova. “Em certo momento da corrida eu senti meus batimentos cardíacos baixos, a quatro voltas do final. Nenhum dos rivais fazia força e eu estava na frente, na liderança. Com meus 38 anos de idade preciso andar no limite, porque depois para recuperar é mais difícil. Acelerei e fui para o tudo ou nada, definindo o ritmo. Na volta decisiva, o Cocuzzi fez o sprint, tentei ir com ele nos metros finais, mas faltou gás. Objetivo era chegar no pódio e saio daqui satisfeito com o vice-campeonato”, disse Rubinho.

Na elite feminina, quem venceu de ponta a ponta foi a goiana Raiza Goulão, tricampeã brasileira de XCO. O pódio teve ainda Aline Simões, Danielle de Moraes, Livia Dantas e Bianca Gonçalves. “Sempre uma grande felicidade estar no Shimano Fest e compartilhar com os amantes do ciclismo o momento que vivo, além de poder competir com as meninas do Brasil. É um circuito para o público, em que ele está vibrando com você em todas as curvas”, destacou Raiza.

“Feliz de estar aqui mais uma vez e ter vencido, assim como em outros anos, como 2013 e 2014. O Shimano Fest está crescendo cada vez mais, com uma estrutura grandiosa e acessível para todo o publico. Área para crianças, shows e test-ride. É incrível ver a experiência que as pessoas vivem nos dias de visitação ao Festival. Reúne tudo do mundo da bike, algo que é perfeito. Parabéns para a Shimano e que siga o crescimento”, concluiu a vencedora do MTB Short Track, que mora e compete na Europa atualmente.