8 de julho de 2016

Raiza Goulão obtém melhor resultado em Mundiais

GoulaoHenrique

Foto: Andreas Dobslaff //

Specialized Brasil também esteve representada em Nové Mesto na Morávia por Rubinho Valeriano.

Nové Mesto na Morávia, na República Tcheca, sediou no último fim de semana o Campeonato Mundial de Mountain Bike 2016. A competição feminina teve dobradinha de atletas Specialized, com Annika Langvad (DIN) e Lea Davison (EUA) ocupando as duas primeiras colocações, respectivamente, e a goiana Raiza Goulão (Specialized Racing BR) em 23º, sua melhor classificação em três anos na elite. No masculino, o vice-campeonato ficou com o tcheco Jaroslav Kulhavy (Specialized), em prova que contou com participação do mineiro Rubinho Valeriano (Specialized Hoffman XCO), na 90ª posição. No sub-23 masculino, o neozelandês Sam Gaze (Specialized) conquistou o título inédito em sua carreira.

A disputa feminina foi realizada no sábado com vitória da dinamarquesa Annika em 1h30min13. A brasileira Raiza Goulão, número 1 do Brasil e 15ª no ranking mundial, teve um início complicado e fechou o start loop (volta de apresentação) em 35º lugar. Daí em diante, ela fez uma prova de recuperação para encerrar em 23º, com o tempo de 1h39min57. Foi a melhor colocação da ciclista em Mundiais, após o 37º lugar na Noruega, em 2014, e o 28º lugar na Andorra, em 2015.

“Obtive com a 23ª colocação mais uma evolução em minha performance ao comparar com os resultados anteriores, porém confesso que acabei a prova com um gostinho de que poderia ter sido melhor, consciente de que sou capaz de estar no top 20. De qualquer forma, foi um grande aprendizado para o currículo”, avaliou Raiza. “Agora é descansar porque no fim de semana que vem tem mais uma etapa da Copa do Mundo, na Suíça, e em seguida o Campeonato Brasileiro, em Juiz de Fora (MG). Foco na recuperação e em busca de superação”, completou.

Entre os homens, a briga pelo título foi intensa, com o vice-campeonato do tcheco Jaroslav Kulhavy em 1h28h37, apenas 17 segundos do campeão, após Jaroslav ter liderado as três primeiras voltas. O mineiro Rubinho Valeriano passou por problemas técnicos e foi cortado a duas volta do final.