Raiza Goulão pedala para confirmar Rio 2016

Foto: Luiz Barra //

Companheiro no Shimano Sports Team, Ricardo Pscheidt tem a penúltima chance para buscar a vaga olímpica inédita em sua carreira.

A Copa Internacional de MTB, competição com o Suporte Neutro Shimano e apoio da marca japonesa, terá sua segunda etapa da temporada entre hoje e domingo em São João del-Rei (MG). Ao todo, 19 atletas do Shimano Sports Team de sete equipes diferentes competirão na prova, decisiva para os ciclistas com pretensões de estarem na Rio 2016. Enquanto a goiana Raiza Goulão (Specialized Racing BR) tem tudo para confirmar seu lugar na delegação brasileira, a alguns dias do encerramento do ciclo olímpico, o catarinense Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) tentará pontos preciosos nos rankings UCI (União Ciclística Internacional) para aproximar-se de uma vaga nos Jogos.

Além de Pscheidt, a marca terá outros onze atletas competindo na super elite masculina: Guilherme Muller (LM/Sense de MTB); Frederico Mariano e Sherman Trezza (os dois da Caloi Elite Team); Luiz Cocuzzi (Lar/Shimano/Scott); Mario Antonio Veríssimo e Kennedi Lago (Isapa/Oggi/Shimano); Daniel Grossi e Guilherme Saad, (ambos Groove/Shimano/Chaoyang); Erick Bruske (Specialized Racing BR); e José Gabriel Marques (Audax/Shimano).

Entre as mulheres, mais três ciclistas estarão na super elite feminina junto com Raiza: Isabella Lacerda (LM/Sense de MTB); Sofia Subtil (Audax/Shimano); e Karen Olimpio (Isapa/Oggi/Shimano). Completam o time de atletas Shimano Mário Couto (LM/Sense de MTB), Luiz Renato Borges (Isapa/Oggi/Shimano) e Lucas Sírio (Specialized Racing BR), três dos principais favoritos na júnior masculina, e a caçula Bruna Elias (Specialized Racing BR), na júnior feminina.

Para Pscheidt, cada ponto será decisivo no seu sonho de representar o Brasil em uma Olimpíada pela primeira vez. Após a última atualização do ranking, o catarinense aparece apenas 12 pontos atrás de seu concorrente direto, Rubinho Valeriano, representante nacional em Pequim 2008 e Londres 2012. O fluminense Henrique Avancini já está confirmado. Para o Brasil garantir dois ciclistas no Rio, precisará manter o atual 13º lugar no ranking das nações. Atualmente, apenas 17 pontos separam o Brasil (3429) da Áustria (3412).

“Uma boa prova minha, do Henrique e do Rubinho, pode ser o carimbo para essa segunda vaga brasileira, porque estamos muito próximos da Áustria”, antecipa Pscheidt. “O duelo com o Rubinho está bastante acirrado. Ele é um grande atleta tanto que representou o Brasil nas duas últimas Olimpíadas. Tenho consciência que tirar 12 pontos em duas corridas será difícil, pelo alto nível do concorrente, mas para quem estava a 130 no início da temporada, continuo acreditando e lutando por esta vaga”, complementa o ciclista.

Já entre as mulheres, a oitava colocação seria necessária para se ter duas representantes no feminino. Com 4278 pontos e também na 13ª colocação, o Brasil está longe da oitava, a Ucrânia (4912). Assim, Raiza Goulão aparece como candidata certa à vaga, por ter no momento 417 pontos de folga para sua concorrente, Isabella Lacerda. Ambas estarão na Copa Internacional de MTB e na Copa do Mundo, na Alemanha, dias 21 e 22 de maio, provas que juntas ofertam aos campeões 320 pontos, 70 e 250, respectivamente.

“Em São João del-Rei terei uma competição muito importante, pela proximidade do encerramento do ciclo olímpico e da concretização da vaga para Rio 2016. Será um ‘esquenta’ para minha temporada na Europa de quase dois meses. Vou fazer o possível para tentar mais pontos nos rankings internacionais. Estou empenhada em chegar bem no domingo e conseguir um ótimo resultado, quem sabe até uma vitória”, conta a campeã brasileira.

Programação e pontuação UCI

Na etapa de São João del-Rei, 70 pontos estarão em jogo para os ciclistas das super elites, com 10 deles ofertados no XCE (Cross Country Eliminator) e 60 no XCO (Cross Country Olímpico). Enquanto o XCE terá classificação na tarde dessa sexta e finais na manhã de sábado, no XCO as disputas serão no decorrer do domingo. Ambas as juniores, válidas pela UCI Junior Series, largarão às 12h. Já as super elites competem em seguida, às 14h.