6 de novembro de 2015

Rubinho Valeriano busca o hexacampeonato da CIMTB

AOO Specialized - Action Shoots

Foto: Fabio Piva //

Naydson Cortes, Larissa Brasa e Lucas Sírio também estão na briga pelo título da CIMTB.

Maior campeão masculino na Copa Internacional de MTB, o mineiro Rubinho Valeriano, da AOO Specialized, inicia nesta sexta-feira a busca por mais um troféu da competição de mountain bike, realizada até o domingo, em Congonhas. Líder da super elite masculina, Rubinho pode tornar-se hexacampeão da CIMTB, após vencer entre os anos de 2008 e 2012. Naydson Cortes e Larissa Brasa, ambos da Specialized Hoffmann XCO, vão tentar os títulos da sub-23 e da júnior, respectivamente, enquanto Lucas Sírio, da AOO Specialized, é o líder da juvenil e favorito ao título em sua categoria.

Líder da super elite com 106 pontos, Rubinho terá duas provas no fim de semana para conquistar o máximo de pontos e não deixar seus rivais pelo título o ultrapassarem. O Desafio da Ladeira, prova explosiva de Uphill (subida de montanha) na noite de sexta-feira, e a Maratona na manhã de domingo, colocarão em jogo 20 e 46 pontos aos campeões. Em ambas as provas, o atleta pedalará com sua S-Works Stumpjumper HT Carbon.

“Chego no começo da tarde de sexta em Congonhas para o Desafio da Ladeira, porque serão pontos importantes em jogo já no primeiro dia. O resultado dessa disputa inicial pode começar a definir bem o rumo do campeonato”, conta Rubinho. “A Maratona será bastante disputada e equilibrada, porque mudou bastante o percurso. Serão 61 km outra vez, mas com trechos novos. Estou confiante e fazendo meus treinamentos de recuperação, porque os mais fortes já fiz nas última semanas. Agora é recuperar-se e quem sabe conseguir esse sexto título da Copa Internacional de MTB, algo histórico para mim e minha equipe, AOO Specialized”, completa.

Na sub-23, Naydson Cortes é o quinto colocado com 48 pontos. Como dois de seus quatro rivais acima na tabela estão fora da decisão, aumentam suas chances na briga pelo título. No entanto, Naydson, que pedalará com sua Specialized Epic Expert Carbon, precisará tirar uma diferença de 31 pontos para o vice-líder nas duas provas da CIMTB para sonhar com o título. Já Larissa Brasa, segunda colocada da júnior, conta com a ausência da líder para ser a favorita ao título. Com 78 pontos, Larissa está 12 a frente de sua principal concorrente.

“Preciso de 15 pontos para superar a atual líder da minha categoria, que não está inscrita para Congonhas, além de administrar a diferença para a atual terceira colocada. Estou muito confiante para a Maratona, porque em 2014 fui a vice-campeã com apenas um minuto atrás da vencedora naquela ocasião. Conheço boa parte do percurso, com exceção feita aos novos trechos, e espero conseguir a liderança e consequentemente o título desta edição”, avalia Larissa, que estará mais uma vez pedalando com sua com sua Fate Expert Carbon.

Por fim, o caçula da marca, Lucas Sírio, tentará mais um bom resultado na Copa Internacional de MTB para garantir o título. Lucas tem 87 pontos na liderança, oito a mais do que o vice líder, após o vice-campeonato em Araxá (MG) e a vitória em São João del-Rei (MG). Como em sua categoria os atletas não disputam o Desafio da Ladeira, na juvenil estarão em jogo 46 pontos ao campeão. Os 41 pontos da segunda colocação são suficientes para o atleta de Conselheiro Lafaiete, cidade próxima a Congonhas, garantir o título. Assim como Naydson, Lucas estará competindo com sua bike S-Works Epic World Cup.