18 de novembro de 2015

Sandro Dias mostra bastidores do Red Bull Skate Generation

269609_558668_p_20151116_00172_hires_jpeg_24bit_rgb

Foto: Red Bull //

Skatista participou de um dos maiores eventos da modalidade em Santa Catarina.

Sandro Dias foi um dos destaques do Red Bull Skate Generation 2015, evento realizado no último fim de semana em Florianópolis (SC). Fora das finais por um problema no joelho, o skatista aproveitou para mostrar os bastidores da competição, que reuniu atletas de várias gerações no recém inaugurado bowl do Rio Taveres. Usando uma ferramenta de celular para Facebook, Sandro Dias mostrou como funciona um campeonato internacional, filmando os skatistas, o trabalho dos organizadores, a visão dos árbitros, a estrutura do local e muito mais. Os vídeos podem ser acessados na sua fanpage oficial.

”Foi demais esse formato, infelizmente fiquei fora dessa final, acabei vindo pra cá com o menisco do joelho ruim, vou ter que fazer uma cirurgia breve, mas tentei andar. Não dá pra vir aqui e não andar. No sábado acabei errando nas três voltas. É um evento super especial, é mais uma festa do que uma competição, porque mistura todas as quatro gerações do skate brasileiro e algumas do skate internacional”, disse Sandro Dias. ”É legal ver gerações andando juntas. Certamente o público em Florianópolis curtiu bastante”.

O skatista Sandro Dias segue com suas apresentações pelo Brasil para divulgar seu acampamento no interior de São Paulo e sua linha de skatewear com a Riachuelo.

Mais informações nos sites www.sandrodias.com.br e www.sandrodiascamp.com.br

Sandro Dias tem 40 anos e é skatista profissional desde 1995. Referência do skate nacional e internacional, o atleta foi o primeiro no mundo a completar a manobra conhecida como “900º” em uma competição.

Entre suas principais conquistas estão seis títulos mundiais pela World Cup Skateboarding (2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2011); o tricampeonato europeu (2001, 2003 e 2005); seis campeonatos brasileiros de skate vertical; sete medalhas de ouros conquistada durante a história dos X Games, e o recorde mundial de aéreo mais alto num halfpipe com a marca de 4,20 metros conquistado em 2008.