1 de maio de 2015

Sarah Waddell venceu o Freestyle Inter I

251623_496830_premiacao

Foto: C.May //

Candidatos a uma vaga no Pan 2015 seguem a preparação com Mariette Withages, treinadora da equipe brasileira de Adestramento, que agora volta para o Internacional de Maio e o II International Riding and Dressage Meeting em Araçoiaba da Serra (SP).

A Sociedade Hípica Paulista recebeu, entre 24 e 26/4, o Concurso de Salto Internacional de Adestramento, segunda observatória para Pan-americano 2015 em solo nacional na temporada e um Nacional da modalidade. Dessa vez o julgamento esteve a cargo do holandês Ghislain Fourage, o sueco Bo Ahman, a mexicana Mercedes Campera, o chileno Max Piraino Lyon ao lado da brasileira Claudia Moreira de Mesquita.

Fechando o evento no domingo, como de costume, o Freestyle Intermediaria I – reprise musicada e sequencia livre de movimentos obrigatários – foi o ponto alto e quem comemorou a vitória foi Sarah Waddell, 27, montando o warmblood Quixote Donnelly, de 14 anos, que registrou 73,550% e também venceu a São Jorge em 24/4.

Logo atrás, com 73,375%, veio João Paulo dos Santos com o lusitano Veleiro do Top, 73,375%. Enquanto o 3º posto ficou com experiente medalhista pan-americano Rogério da Silva Clementino com o lusitano Zodiac dos Diamantes, 70,300%.

Para Mariette Whitages, treinadora da equipe brasileira há um ano e meio. o desempenho dos conjuntos foi positivo. “Antes da competição fizemos a nossa terceira clínica esse ano. Estamos buscando trabalhar as particulares – pontos fortes e fracos – de cada conjunto”, contou a treinadora. “Essa semana, vou observar os cavaleiros que estão na Europa,como o João Victor Oliva e Renata Rabello e volto antes do International Riding and Dressage Meeting na Coudelaria Ilha Verde em Araçoiaba da Serra (SP) em final de maio”, finalizou Whitages.

São 20 os conjuntos em observação para formação da equipe brasileira de Adestramento nos Jogos Pan-americanos 2015. Entre as conquistas mais recentes na competição está a medalha de bronze por equipes no Pan Rio 2007. Agora a meta é repetir e melhorar o resultado também em busca de uma medalha individual. Como país sede, o time Brasil de Adestramento já está qualificado para os Jogos Rio 2016. Até lá, os candidatos a uma vaga na equipe e treinadores têm muitos desafios pela frente.

Placares

Na reprise São Jorge, em 24/4, dois conjuntos – Sarah com Quixote Donnelly e João Paulo com Veleiro do Top – garantiram média superior a 68% de aproveitamento – índice mínimo estabelecido pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) – para formação da equipe brasileira nos Jogos Pan-americanos 2015, em julho próximo em Toronto, Canadá. Já no sábado, 25/4, a vitória na Intermediaria I ficou com João Paulo e Veleiro do Top, 69,526%, seguido Sarah Waddell com Quixote Donelly, 69,132%.