Scheidt e Borges estreiam no Troféu Princesa Sofia

Foto: Divulgação //

Em jornada em busca de experiência na nova classe, a 49er, o bicampeão olímpico e Gabriel Borges esperam uma competição de alto nível na Espanha.

Robert Scheidt estreia no tradicional Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca, na Espanha, nesta segunda-feira. Ao lado do proeiro Gabriel Borges, o bicampeão olímpico encara uma competição de alto nível em mais uma jornada por experiência na nova classe, a 49er. “Será um campeonato muito duro, com 60 barcos, duas flotilhas, em um local de onda e vento. Será um verdadeiro teste para nós”, afirmou o maior medalhista do Brasil em olimpíadas, com cinco pódios.

Scheidt estreia na 49er na competição disputada no Club Nàutic S’Arenal e no Club Marítimo San Antonio de la Playa, na Baía de Palma. Contudo, conhece bem o Troféu Princesa Sofia. Ano passado, conquistou a medalha de prata na disputa da classe Laser. “Chegamos na Espanha na última quinta-feira e temos treinado forte para o campeonato. Pegamos vento forte, depois mais fraco e com chuva e bastante frio. Um clima bem diferente do verão brasileiro, mas o importante é seguir em frente em busca de experiência para evoluir na 49er”, disse o bicampeão olímpico, que é patrocinado pelo Banco do Brasil e Rolex, com os apoios do COB e CBVela.

A evolução de Robert na 49er pode ser comprovada pelo seu desempenho. Na Copa Brasil, venceu quatro regatas, as primeiras na nova categoria, conquistando a medalha de prata. Antes de competir em águas brasileiras, disputou a etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela em janeiro. E conseguiu o 16º lugar na disputa que reuniu 26 barcos com os melhores iatistas do planeta. Na Miami Mid Winters, também no início de 2017, conseguiu 11º lugar no campeonato que envolveu 17 competidores. Tudo isso comprova que, aos 43 anos, Scheidt começa a vencer o desafio de velejar em um barco maior, mais veloz e com estratégias diferentes da Star e Laser, que o consagraram no iatismo, para iniciar o ciclo olímpico para Tóquio 2020.

A fase de classificação começa nesta segunda e terá provas até sexta-feira. As regatas da medalha estão marcadas para o sábado dia 1º de abril. A equipe brasileira conta com 17 velejadores no campeonato. Além de Scheidt/Borges, o país terá os seguintes atletas: Gabriella Kidd (Laser Radial), João Pedro Souto de Oliveira (Laser), Geison Mendes/Gustavo Thiesen; Ricardo Paranhos/Thiago Ribas; Pedro Correa/Rodolfo Streibel (470 Masculino), Carlos Robles/Marco Grael (49er), Jorge Zarif (Finn), João Bulhões/Gabriela Nicolino (Nacra 17) e Albert Carvalho; Brenno Francioli (RSX Masculino).