29 de janeiro de 2016

Seleção Paranaense de Triathlon será definida domingo

274435_573811_265553_545588_001

Foto: Rômulo Cruz //

Projeto pioneiro busca revelar e aprimorar talentos locais e desenvolver a modalidade em todo estado.

Atenção triatletas paranaenses com idades entre 17 e 24 anos. Se você pretende se profissionalizar e sonha em representar as cores do Brasil nos principais eventos internacionais do calendário, uma oportunidade única chegou em pleno ano olímpico. A Federação Paranaense de Triathlon (FPTri) promoverá jovens talentos da modalidade para integrar a Seleção Paranaense de Triathlon, um projeto pioneiro que busca revelar e lapidar o potencial da nova geração. São seis vagas disponíveis e os triatletas escolhidos serão beneficiados com bolsa-auxílio, além de orientação técnica. A chance para mostrar suas habilidades será neste domingo, durante o 11º Triathlon de Verão Guaratuba. Um comitê técnico usará a prova para avaliar a potencialidade dos candidatos.

“Ao longo da minha carreira vi vários atletas com potencial enorme para chegar na elite, mas por falta de patrocínio acabaram optando por carreiras tradicionais e não conseguiram continuar no esporte. As famílias que têm condições financeiras acabam investindo no sonho do filho de se tornar um atleta de alto rendimento, mas chega uma hora que os custos são muito elevados e não dá mais. É neste momento que perdemos muitos atletas que poderiam até chegar a uma Olimpíada. Assim o projeto visa detectar os principais talentos do estado e oferecer uma estrutura adequada para que eles possam continuar se desenvolvendo. Isso favorece tanto o crescimento da modalidade em todo estado, quanto o Brasil, que terá sua safra de campeões renovada”, comenta Juraci Moreira, hexacampeão brasileiro de triatlo e padrinho do projeto.

O projeto, iniciado em 2015, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, com patrocínio Sanepar e Copel, começou a render bons frutos já no ano de sua abertura. Fellipe Santos e Luis Ohde brilharam na grande final do Ironman do Havaí, na ilha de Kona, terminando na terceira e quarta colocações, respectivamente, na categoria de 18 a 24 anos. Eduardo Lass integrou a equipe masculina que conquistou a medalha de prata por equipes nos Jogos Mundiais Militares.Vitor Cardoso faturou a medalha de bronze na classificação geral entre os amadores do Challenge Florianópolis. Kauane Kosinski foi campeã do Paranaense de Sprint Triathlon.

“Além do critério técnico, também serão analisados os resultados do atleta obtidos em 2015, sua posição no ranking brasileiro e internacional, e seu compromisso com os períodos de treinamentos coletivos. Queremos formar um grupo sólido, objetivando a participação nos eventos da ITU (Federação Internacional de Triatlo), que distribuem pontos para a Classificação Olímpica 2020″, ressalta Homero Cachel, treinador da equipe.

A Seleção

O objetivo da Seleção Paranaense de Triathlon é elevar ainda mais o nível dos competidores locais. O time é formado pelo estado do Paraná por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal. Os patrocínios são da COPEL e SANEPAR. A FPTRI – Federação Paranaense de Triathlon – formou o grupo de alto-rendimento visando a disputa das principais provas do país e fortalecer ainda mais a modalidade na região.