Sérgio Jimenez inicia temporada da Stock Car

Foto: Divulgação //

Piloto do HTPro Team disputa classificação no sábado e as duas corridas da etapa no domingo.

A ansiedade do piloto Sérgio Jimenez (Bardahl/HTPro Nutrition/Avery Dennison) para o retorno às pistas terminará neste final de semana quando começa a temporada de 2017 da Stock Car, a principal categoria do automobilismo brasileiro. O piloto da Hot Car Competições estará em ação no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). A classificação será na tarde de sábado às 13h e a prova terá duas corridas no domingo, uma às 13h e, a segunda, às 14h10. Tanto o treino classificatório como as corridas serão mostrados ao vivo pelo SporTV 2.

“A expectativa está muito boa para o início da temporada. Não via a hora de começar a acelerar novamente”, destaca Jimenez. “O circuito de Goiânia tem todos os tipos possíveis de curvas, por isso precisamos de um carro equilibrado para andar bem. O bacana da cidade é que o público sempre marca forte presença no autódromo, então é um lugar muito bom para competir”, complementa o atleta de 32 anos, que é de Piedade, interior de São Paulo.

A temporada 2017 da Stock Car apresenta mudanças significativas no formato de disputa. O sistema do treino classificatório será dividido em três partes, Q1, Q2 e Q3, e também haverá modificação na duração das provas, que agora terão duas corridas de 40 minutos cada, com abastecimento obrigatório em ambas. Piloto experiente na competição, Sérgio Jimenez aprovou a novidade.

“As mudanças são muito positivas. A Stock busca reinventar-se, como todas as corridas de automobilismo no mundo. Nos últimos três anos, a categoria testou alguns formatos próximos, mas diferentes. Neste, eles reuniram tudo o que já tivemos para tentar encontrar o melhor formato, numa tentativa de estar equalizada. Acho que a disputa será ainda mais equilibrada”, avalia o piloto. “Com as corridas mais longas, intensificamos a preparação física. Acredito que tomando o HTPro 4:1R Recovery vou ter a resistência necessária”, finaliza Jimenez.