12 de janeiro de 2016

Shimano Ladies em quarto no Tour de San Luis

273469_570895_shimano_ladies___primeira_etapa_tour_san_luis

Foto: Maximiliano Blanco //

Disputada na Argentina, competição de ciclismo de estrada da América do Sul começou no último domingo, com um percurso de 110,3 km em El Durazno.

A equipe Weber Shimano Ladies Power Latam, formada por mulheres de diferentes países da América do Sul, ficou com a quarta colocação no último domingo, na primeira etapa do Tour Feminino de San Luis, mais tradicional prova de ciclismo de estrada do continente sul-americano, realizada na Argentina. A competição tem a liderança da Seleção de Cuba. No individual geral, a norte-americana Coryn Rivera, da equipe United HealthCare, foi a vencedora do primeiro dia, ao percorrer 110,3 km em 2h53min09s.

Este é o primeiro compromisso oficial da brasileira Luciene Ferreira no time feminino. Ao lado das companheiras, a bicampeã brasileira de contrarrelógio (2011 e 2012) e resistência (2012 e 2013) participou da segunda etapa do Tour na segunda-feira, em Villa Mercedes, para um percurso de 98,6 km. Outra equipe patrocinada pela Shimano, a Funvic Soul Cycles & Carrefour, também está na disputa.

O projeto da equipe Weber Shimano Ladies Power vai além de montar um time competitivo de nível internacional. O maior objetivo da iniciativa comandada pela Shimano está em promover para o público feminino um dos esportes que mais crescem no Brasil e na América Latina, o ciclismo de estrada. Com integrantes de diversos países, como Argentina, Chile, Colômbia e Brasil, a equipe Weber Shimano Ladies Power LATAM também investe nas categorias de base ao incluir atletas sub-23. Conheça mais sobre a equipe pelo Facebook: www.facebook.com/ShimanoLadiesPowerLatam.

Copa América de Downhill/4X

Campeão da Copa América de Downhill/4X em 2014, o catarinense Lucas Borba (Shimano Sports Team) não teve sorte na edição deste ano. No último domingo, no Ski Mountain Park, em São Roque, Lucas acabou parando nas quartas de final da competição, vencida pelo paulista Thiago Boaretto.

“No sábado o resultado foi bom, fiz o segundo melhor tempo no treino classificatório. Domingo larguei bem na minha bateria, junto com o primeiro colocado, mas na primeira curva dei uma segurada e acabei ficando para trás. Na tentativa de me ultrapassar, o Bernardo Cruz acabou me derrubando. Mas faz parte, porque é um esporte de contato e era uma oportunidade ultrapassagem para ele”, resumiu Lucas, para quem o saldo foi positivo. “A prova foi show. Claro que a gente sempre espera terminar na frente, mas tem a questão da sorte, infelizmente. Agora é treinar para a Descida das Escadas de Santos, em fevereiro”.

O evento foi patrocinado pela Shimano, que também ofereceu aos competidores o serviço de Suporte Neutro, reconhecido pela excelência no apoio prestado aos ciclistas na Copa Internacional Levorin de MTB, na Ultramaratona de MTB Brasil Ride e no Tour do Rio, entre outras competições importantes.